PERCEPÇÃO DA POPULAÇÃO QUANTO AOS INDICADORES DE SUSTENTABILIDADE DE CURITIBA, A CIDADE SUSTENTÁVEL DO PLANETA

Autores

  • Afonso Ricardo Paloma Vicente Universidade Federal do Paraná
  • Geysler Rogis Flor Bertolini Universidade Estadual do Oeste do Paraná
  • Ivano Ribeiro Universidade Nove de Julho - Uninove

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v4e22015254-272

Palavras-chave:

Percepção socioambiental, Desenvolvimento sustentável, Políticas ambientais.

Resumo

Este artigo analisou a percepção da população de Curitiba em relação aos fatores de sustentabilidade no município, que foi considerado em 2010 a cidade mais sustentável do planeta. A amostra envolveu 150 moradores que pontuaram por meio de um questionário aplicado, os mesmos critérios utilizados pelo Globe Fórum, organização sueca que realizou a premiação. Por meio da análise de cluster foram identificados dois diferentes grupos de respondentes, que foram relacionados com quatro fatores de sustentabilidade extraídos pelo método da análise fatorial, sendo: meio ambiente; infraestrutura; questão social e recursos hídricos. Os resultados apontam que os indivíduos do primeiro grupo apresentam maior percepção das ações socioambientais desenvolvidas. Entre os fatores analisados, a questão social foi a melhor avaliada, enquanto o meio ambiente foi o que obteve a menor avaliação.

Biografia do Autor

Afonso Ricardo Paloma Vicente, Universidade Federal do Paraná

Mestrando em Administração pela Universidade Federal do Paraná

Geysler Rogis Flor Bertolini, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Doutor em Engenharia da Produção pela UFSC, Professor do Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Desenvolvimento Rural Sustentável

Ivano Ribeiro, Universidade Nove de Julho - Uninove

Doutorando em Administração pela Universidade Nove de Julho - Uninove. Professor do Curso de Administração da Unioeste.

Downloads

Publicado

2015-10-09

Edição

Seção

Artigos