RECICLAGEM DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL NO MUNICÍPIO DE LAGES, SC

Autores

  • Helena Strapassao
  • Camila Angelica Baum Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Valter Antonio Becegato Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Vitor Rodolfo Becegato Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Laís Lavnitcki‎ Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Jairo Afonso Henkes Universidade do Sul de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v8e12019713-729

Palavras-chave:

Usina de Reciclagem, RCC, Impactos ambientais, ABRECON

Resumo

A construção civil é de fundamental importância para suprir as necessidades dos seres humanos, entretanto, é uma atividade que utiliza recursos naturais em grande escala e gera grande quantidade de resíduos. Devido à essa grande quantidade de resíduos e o potencial impacto que os mesmos causam ao meio ambiente, uma das alternativas de destinação é a reciclagem dos resíduos de construção civil (RCC) para posterior utilização, de forma a amenizar os impactos causados pela disposição inadequada dos mesmos no meio ambiente, além de diminuir a utilização de recursos naturais. A reciclagem dos RCC traz ganhos econômicos através da produção de agregado, que pode ser utilizado para produção de concreto não estrutural ou como base e sub-base em pavimentação. O objetivo deste trabalho é a apresentação do processo de reciclagem dos resíduos da construção civil, provenientes das atividades de construção e demolição, apresentando um diagnóstico da situação em que se encontra a usina de reciclagem de RCC existente no município de Lages - SC. Os resultados da pesquisa foram comparados com a análise setorial das usinas de reciclagem de resíduos da construção e demolição do país, apresentados pela Associação Brasileira Para Reciclagem de Resíduos da Construção Civil e Demolição (ABRECON).

Biografia do Autor

Helena Strapassao

Possui graduação em Engenharia Civil (2015) pela Universidade do Planalto Catarinense.

Camila Angelica Baum, Universidade do Estado de Santa Catarina

Mestranda em Ciências Ambientais pela Universidade do Estado de Santa Catarina.Graduada em Engenharia Ambiental e Sanitaria pela Universidade Federal de Santa Maria.

Valter Antonio Becegato, Universidade do Estado de Santa Catarina

Doutor em Geologia Ambiental pela Universidade Federal do Paraná (2005). Atualmente é professor Associado da Universidade do Estado de Santa Catarina.

Vitor Rodolfo Becegato, Universidade do Estado de Santa Catarina

Mestrando em Ciências Ambientais pela Universidade do Estado de Santa Catarina. Graduado em Engenharia Ambiental pela Universidade do Estado de Santa Catarina (CAV - UDESC) e em Engenharia Ambiental e Sanitária pela Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL).

Laís Lavnitcki‎, Universidade do Estado de Santa Catarina

Mestranda em Ciências Ambientais pela Universidade do Estado de Santa Catarina.Graduada em Engenharia Ambiental e Sanitaria pela Universidade Federal de Santa Maria.

Jairo Afonso Henkes, Universidade do Sul de Santa Catarina

Mestrado em Agroecossistemas pela Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil(2006); Professor Titular da Universidade do Sul de Santa Catarina , Brasil

Downloads

Publicado

2019-04-04

Edição

Seção

Artigos