GESTÃO AMBIENTAL NA SUINOCULTURA: SISTEMA DE TRATAMENTO DE RESÍDUOS LÍQUIDOS POR UNIDADE DE COMPOSTAGEM

Autores

  • Patricia Cadis
  • Jairo Afonso Henkes

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v3e12014117-142

Palavras-chave:

Gestão Ambiental na Suinocultura, Compostagem de Dejetos Suínos Líquidos, Unidade de Compostagem

Resumo

Os dejetos de suínos, até a década de 70, não constituíam fator preocupante, pois a concentração de animais, mesmo nas áreas de pequena propriedade rural, era pequena e o solo das propriedades tinha capacidade para absorvê-los, como adubo orgânico. A estrutura atual dos sistemas produtivos de suínos se baseia na concentração de animais em pequenas áreas, gerando grandes excedentes de dejetos, que demandam áreas relativamente grandes para o seu aproveitamento como fertilizante em lavouras e pastagens. Entretanto, os impactos da suinocultura sobre os recursos ambientais, principalmente sobre o solo e a água, são imensos, na medida em que as práticas produtivas tradicionais têm negligenciado a aplicação de medidas de conservação ambiental que a atividade requer. Duas condições adversas ampliam o desgaste ambiental produzido pela suinocultura de grande escala: o fato de a maior parte do rebanho estar concentrada sobre uma área geográfica relativamente pequena da região sul e oeste do Estado de Santa Catarina onde os impactos ambientais mais severos ocorrem justamente no primeiro elo da cadeia produtiva, a propriedade rural, no ambiente de pequenos produtores rurais, difusamente assentados e sempre carentes dos recursos necessários para a introdução de tecnologias avançadas de conservação ambiental. O presente trabalho apresenta como questão central: O tratamento de resíduos pelo método de compostagem de dejetos suínos, podendo representar uma alternativa para a solução da contaminação ambiental nas regiões com problemas de alta concentração da produção de suínos principalmente para pequenas propriedades rurais? O objetivo do trabalho é analisar o sistema de tratamento de resíduos pelo método da compostagem de dejetos suínos no Estado de Santa Catarina. A alternativa de tratamento de dejetos de suínos pelo processo de compostagem é extremamente importante e segura, pode ser tecnicamente aplicada para as regiões de pequenas propriedades, com alta concentração populacional de suínos e pouca área agrícola disponível, sendo viável para a maioria dos produtores, desde que adequados os dimensionamentos aos volumes de dejetos gerados pela produção.

Biografia do Autor

Patricia Cadis

Tecnóloga em Gestão Ambiental. Unisul Virtual

Jairo Afonso Henkes

Engº Agroº, Professor, Ms.C. Unisul.

Downloads

Publicado

2014-05-28

Edição

Seção

Artigos