APROXIMAÇÕES CONCEITUAIS ENTRE EDUCOMUNICAÇÃO, GOVERNANÇA E CAPITAL COMUNICACIONAL NA CONSTRUÇÃO DA CIDADANIA AMBIENTAL

Autores

  • Luzia Klunk UNIVATES
  • Jane Márcia Mazzarino UNIVATES
  • Luciana Turatti UNIVATES

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v7e42018184-205

Palavras-chave:

Educomunicação. Governança. Capital comunicacional. Cidadania ambiental.

Resumo

Os estudos sobre os conceitos de educomunicação, governança e capital comunicacional socioambientais apontam que estas três vertentes confluem como mediadores da construção da cidadania ambiental em processos decorrentes da participação pública. O objetivo deste artigo é analisar aproximações e distanciamentos desses conceitos. O método utilizado é a pesquisa bibliográfica que consistiu na análise dos elementos conceituais dos temas. Como resultado evidenciaram-se aproximações acerca da necessidade do dialogismo coletivo e provocador de um processo de aprendizagem para a construção da cidadania ambiental, sendo o enfoque da educomunicação o pedagógico, o da governança o político e o do capital comunicacional o social.

 

Biografia do Autor

Luzia Klunk, UNIVATES

Doutoranda em Ambiente e Desenvolvimento do Centro Universitário Univates; Membro do Grupo de Pesquisa Comunicação, Educação Ambiental e Intervenções - CEAMI (CNPq). E-mail: luzia.klunk@univates.br

Jane Márcia Mazzarino, UNIVATES

Doutora em Ciências da Comunicação da Unisinos. Docente Permanente do PPG Ambiente e Desenvolvimento, Centro Universitário Univates. Coordenadora do Grupo de Pesquisa Comunicação, Educação Ambiental e Intervensões - CEAMI (CNPq).E-mail: janemazzarino@univates.br

Luciana Turatti, UNIVATES

Doutora em Direito da Universidade Santa Cruz do Sul; Docente permanente Docente de cursos de graduação e pós-graduação, Centro Universitário Univates. Membro do Grupo de Pesquisa Comunicação, Educação Ambiental e Intervenções - CEAMI (CNPq). E-mail: lucianat@univates.br

Downloads

Publicado

2018-12-12

Edição

Seção

Artigos