GESTÃO HÍDRICA E CIDADANIA: UMA NOVA PERSPECTIVA PARA O MUNICÍPIO DE CAXIAS DO SUL/RS

Autores

  • Ana Christina Konrad Universidade do Vale do Taquari
  • Bruno Buttenbender Universidade do Vale do Taquari
  • Marcele Scapin Rogerio Universidade do Vale do Taquari
  • Anna Ariane Araújo de Lavor Universidade do Vale do Taquari
  • Jairo Afonso Henkes UNISUL
  • Ivete de Fátima Rossato UNISUL
  • Antonio Carlos Alves da Silva Universidade do Vale do Taquari
  • Mariana Emídio Oliveira Ribeiro Universidade do Vale do Taquari
  • Luciana Turatti UNIVATES

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v9e12020273-294

Palavras-chave:

Recursos Hídricos, Gestão Hidrográfica, Cidadania

Resumo

Este relato de caso tem como objetivo fazer uma análise de novas perspectivas no que se refere a gestão hídrica do município de Caxias do Sul/RS. Para tanto, realizou-se uma conexão entre a gestão e a cidadania, uma maneira inovadora de gerenciar recursos hídricos. Trata-se de pesquisa qualitativa, realizada por meio de método dedutivo e de procedimento técnico bibliográfico e documental. O estudo visa firmar pressupostos teóricos relativos a gestão hídrica e cidadania, para apresentar uma nova perspectiva ao município, partindo para uma nova concepção de gestão hídrica compartilhada. Dessa forma, as reflexões partem de um resgate evolutivo acerca da administração dos recursos hídricos de Caxias do Sul/RS. Em seguida, realiza-se uma compreensão de novas perspectivas entre gestão hídrica e cidadania. A partir desses entendimentos, conclui-se que é necessária uma interação e uma colaboração entre a gestão pública e os cidadãos, para que possam ser aliviados os passivos no ambiente. Tão importante no contexto estudado quanto à gestão dos recursos hídricos, é o uso adequado da água por parte da sociedade, que pode assim, reafirmar seu direito e seu dever, na forma de sua cidadania.

Biografia do Autor

Ana Christina Konrad, Universidade do Vale do Taquari

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Ambiente e Desenvolvimento na UNIVATES. Mestra em Ambiente e Desenvolvimento pela Universidade do Vale do Taquari, graduada em Ciências Jurídicas e Sociais pela mesma instituição. Atualmente é bolsista integral de doutorado PROSUC/CAPES e pesquisadora junto ao grupo Práticas Ambientais, Comunicação, Educação e Cidadania (CNPq) e, pesquisadora voluntária junto ao projeto Direito à (in)formação ambiental: propostas participativas para uma visão crítico-reflexiva da legislação ambiental no contexto da agroecologia.

Bruno Buttenbender, Universidade do Vale do Taquari

Doutorando em Ambiente e Desenvolvimento pela Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, Mestre em Ambiente e Desenvolvimento pela Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, graduado em Administração pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ (2015). Atuação como professor em escolas de inglês, programa de fomento ao empreendedorismo (Junior Achievement) e Ensino Superior e bolsista de iniciação científica, extensão e pós-graduação (CNPQ/CAPES). Vivência Acadêmica Internacional, com intercâmbio pelo Programa Nacional Ciência Sem Fronteiras - CsF/MEC, na Universidade de Adelaide/SA (Austrália). Tem experiência também nas áreas de Administração, Desenvolvimento Regional e Ciências Ambientais, com inserção em projetos e laços de cooperação liderados pelos COREDEs, Redes de Universidades, FEBAP e outros.

Marcele Scapin Rogerio, Universidade do Vale do Taquari

Doutoranda em Ambiente e Desenvolvimento pela Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES. Mestra em Direito pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ. Especialista em Educação Ambiental pela Universidade Federal de Santa Maria - UFSM. Possui graduação em Direito pela Universidade de Cruz Alta - UNICRUZ.

Anna Ariane Araújo de Lavor, Universidade do Vale do Taquari

Possui graduação em Direito pela Universidade Regional do Cariri (2009), MBA (especialização) em Direito Civil e Processual Civil pela ESAB, mestrado em Ambiente e Desenvolvimento pela UNIVATES. Possui ainda experiência na área administrativa e em Direito Trabalhista, Previdenciário, Civil, Administrativo e Constitucional. Atualmente cursando o doutorado em Ambiente e Desenvolvimento pela UNIVATES.

Jairo Afonso Henkes, UNISUL

Doutorando em Geografia (UMinho, 2019). Mestre em Agroecossistemas (UFSC, 2006). Especialista em Administração Rural (UNOESC, 1997). Engenheiro Agrônomo (UDESC, 1986). Professor dos Cursos de Ciências Aeronáuticas, Administração, Engenharia Ambiental, do CST em Gestão Ambiental e do Programa de Pós Graduação em Gestão Ambiental da Unisul.  E-mail: jairohenkes333@gmail.com

Ivete de Fátima Rossato, UNISUL

Doutora em Engenharia de Produção (UFSC, 2002), Mestre em Engenharia de Produção (UFSC,1996), Licenciada em Química/UFSM (1987), Engenheira Química (UFSM,1993). E-mail: ivete.rossato@unisul.br

Antonio Carlos Alves da Silva, Universidade do Vale do Taquari

Possui graduação em Ciências Econômicas pela URCA - Universidade Regional do Cariri (2013), especialização em Gestão em Finanças Empresariais pela FAEL (2017), Mestrado em Ambiente e Desenvolvimento pela UNIVATES (Universidade Vale do Taquari), está cursando o Doutorado em Ambiente e Desenvolvimento pela UNIVATES (Universidade Vale do Taquari). Atualmente é Agente de Desenvolvimento do Banco do Nordeste do Brasil S/A e consultor da ACJ Empresarial. Tem experiência nas áreas de Desenvolvimento Humano, Economia e Contabilidade, atuando principalmente nos seguintes temas: Reforma agrária, Finanças Pessoais e Empresarial, Análise de Balanços, Gestão de Políticas Públicas, Meio Ambiente, Desenvolvimento Social, Desenvolvimento Regional e Análises de Riscos.

Mariana Emídio Oliveira Ribeiro, Universidade do Vale do Taquari

Doutoranda no PPGAD - Programa de Pós Graduação em Ambiente e Desenvolvimento da Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES. Mestre em Ambiente e Desenvolvimento da UNIVATES-RS, conceito Capes 5. Especialista em Gestão Estratégica de Pessoas, Didática do Ensino Superior e Planejamento, Gestão e Implementação do EAD. Graduada em Administração. Atualmente é Coordenadora do Curso de Administração da Faculdade de Alta Floresta FAF - Mantida por União das Faculdades de Alta Floresta, desde o ano de 2010. Coordenadora do EAD da FAF. Atuou como Coordenadora dos Cursos: Gestão Comercial e Gestão em Agronegócio - Tecnólogos Superiores da FADAF - Faculdade de Direito de Alta Floresta, e também no curso de Ciências Contábeis da FAF e da FADAF. Como Coordenadora do Curso de Administração conseguiu o Selo de Instituição Responsável ABMES; O Curso de Administração da FAF está entre as "Melhores Universidades", avaliado pelo Guia do Estudante; Tem sido Coordenadora nota 5 (nota máxima de avaliação do MEC, entre 1 e 5) - nas últimas três avaliações do MEC. Atua na docência do ensino superior há mais de 13 anos. Possui experiência na área administrativa, recursos humanos, custos, materiais (estoques) e metodologia. Possui experiência em empresa privada nas áreas citadas que somam um total de 12 anos. Participa da Comissão de Acompanhamento do Protocolo de Compromisso do Curso de Ciências Contábeis e do Curso de Pedagogia da Faculdade de Alta Floresta-FAF. Leciona as seguintes disciplinas: Metodologia Científica, Estágio Curricular Supervisionado I e II, Pesquisa em Gestão Administrativa I, II e III - Trabalho de Conclusão de Curso, Gestão de Pessoas - Recursos Humanos, Empreendedorismo, Interações Humanas nas Organizações, Gestão de Custos, Gestão de Materiais (estoques), Ética Empresarial e Cultura Afro-Brasileira e Indígena, Gestão de Projetos, Empreendedorismo, Princípios da Administração e Gerência e Teoria Geral da Administração (TGA). É docente na Escola Técnica de Alta Floresta (SECITEC) nos cursos de FIC Administração, Secretariado e Técnico em Segurança do Trabalho.

Luciana Turatti, UNIVATES

9Pós-doutora em Direito pela Universidade de Sevilha, Espanha (2019). Possui doutorado em Direito pela Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC (2014), mestrado em Direito pela Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC (2003) e graduação em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2001). Atualmente é professora adjunta da Universidade do Vale do Taquari - Univates, onde ministra as disciplinas de Direito Ambiental e Legislação Ambiental, nos cursos de Direito e Engenharia Ambiental. Professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Ambiente e Desenvolvimento - PPGAD e do Programa de Pós-Graduação em Sistemas Ambientais Sustentáveis - PPGSAS, ambos da UNIVATES

Downloads

Publicado

2020-04-20

Edição

Seção

Artigos