POTENCIAL DE GERAÇÃO DE ELETRICIDADE COM CODIGESTÃO DE RESÍDUOS AGROPECUÁRIOS NA REGIÃO DA ZONA DA MATA, MINAS GERAIS, BRASIL

Autores

  • Adriano Henrique Ferrarez Universidade Federal de Viçosa; Universidad de Valladolid/Espanha; Instituto Federal Fluminense.
  • Delly Oliveira Filho McGill University/Canadá; McGill University/Canadá.
  • Luis Manuel Navas Gracia Universidad Politécnica de Madrid/Espanha; Universidad de Valladolid/Espanha.
  • Jorge Miñon Martinez Universidad de Valladolid/Espanha
  • Roberto Precci Lopes Universidade Federal de Viçosa;
  • Aziz Galvão da Silva Júnior Universidade Federal de Viçosa
  • Natalia Silva de Souza Universidade Federal de Viçosa

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v4e02015302-316

Palavras-chave:

biometano, suinocultura, desenvolvimento regional sustentável.

Resumo

Desde outubro de 2012, o sistema elétrico brasileiro enfrenta problemas com o baixo nível dos reservatórios das hidrelétricas. Este cenário pode levar a racionamento de energia, com reflexos sobre a qualidade de vida da população e crescimento econômico. A Zona da Mata de Minas Gerais, formada por 142 municípios, possui um número significativo de pequenas centrais hidrelétricas (PCH). Estas instalações não necessariamente trazem benefícios para a população local, ou seja, os municípios recebem a carga direta da implantação desses empreendimentos sem receber o bônus ou compensação por danos ambientais. A região é o segundo maior centro de produção de carne suína de Minas Gerais e o quinto maior produtor e exportador de carne suína do Brasil. A produção de resíduos derivados da criação de suínos é um grave problema ambiental. O aproveitamento energético dos dejetos de suínos por codigestão anaeróbia com resíduos vegetais (café, feijão, milho e cana de açúcar) é uma oportunidade para promover o saneamento ambiental e aumentar a oferta de energia. Os objetivos deste estudo foram: (i) estimar os resíduos agropecuários disponíveis na região; (ii) estimar o potencial de produção de biometano por meio da codigestão anaeróbia; (iii) avaliar e comparar o potencial de geração de eletricidade a partir do biometano produzido a partir dos dejetos de suínos e por meio da codigestão com resíduos vegetais; e (iv) avaliar os impactos da eletricidade gerada na matriz energética da região. Foi utilizado software de sistema de informações geográficas para a elaboração de mapas da região apresentando a potência elétrica gerada com os resíduos. O potencial de produção de biometano foi estimado em 193.217.223 m3/ano, a potência elétrica em 79,31 MW e a energia gerada pode atender a 28,15% da demanda regional.

Biografia do Autor

Adriano Henrique Ferrarez, Universidade Federal de Viçosa; Universidad de Valladolid/Espanha; Instituto Federal Fluminense.

Doutor em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal de Viçosa. Doutor em Ciência e Engenharia Agroalimentar e de Biossistemas - Universidad de Valladolid/Espanha. Professor do Instituto Federal Fluminense – Campus Itaperuna, Brasil.

Delly Oliveira Filho, McGill University/Canadá; McGill University/Canadá.

Ph.D. em Engenharia Elétrica pela McGill University/Canadá. Professor Titular da McGill University/Canadá, Brasil,

Luis Manuel Navas Gracia, Universidad Politécnica de Madrid/Espanha; Universidad de Valladolid/Espanha.

Doutor em Energia e Máquinas pela Universidad Politécnica de Madrid/Espanha. Professor Catedrático da Universidad de Valladolid/Espanha

Jorge Miñon Martinez, Universidad de Valladolid/Espanha

Doutorando em Ciência e Engenharia Agroalimentar e de Biossistemas pela Universidad de Valladolid/Espanha

Roberto Precci Lopes, Universidade Federal de Viçosa;

Doutor em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal de Viçosa. Professor Universidade Federal de Viçosa, Brasil

Aziz Galvão da Silva Júnior, Universidade Federal de Viçosa

Doutor em Administração Rural pela Universidade de Bonn/Alemanha. Professor da Universidade Federal de Viçosa, Brasil

Natalia Silva de Souza, Universidade Federal de Viçosa

Graduanda em Engenharia Agrícola e Ambiental pela Universidade Federal de Viçosa, Brasil

Downloads

Publicado

2015-12-16

Edição

Seção

Artigos