Compliance na Administração Pública

Uma necessidade para o Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29293/rdfg.v3i01.103

Resumo

O objetivo deste texto é analisar a importância do Compliance Público no Brasil, especialmente por força da edição da lei 13.303/16 e dos demais diplomas nacionais e internacionais que revestem o tema. A corrupção vem assolando o mundo moderno, em especial o Brasil. Esse cenário vem exigindo uma mudança comportamental por parte das empresas e não poderia ser diferente com o Poder Público. Partindo-se da previsão constitucional, em sequência, investigam-se as normas que exteriorizam a transparência necessária dos atos de gestão pública, de modo a evitar os atos de corrupção e de má-gestão pública. A busca da gestão de riscos e da implantação e manutenção de Programas de Integridade, por força do contido na Lei Anticorrupção (Lei nº 12.846/2013) são o alvo para a edição das normas afetas à Integridade na Administração Pública. Assim, diante de tais circunstâncias e por ser algo relativamente novo no país, nasceu o chamado Compliance Público, que além de já ser considerada uma realidade para o setor público em todo o Brasil, deve se consolidar em todas as esferas e órgãos federais, estaduais e municipais, sobretudo com a publicação do novo diploma legislativo.

Biografia do Autor

  • Claudio Carneiro Bezerra Pinto Coelho, Faculdade Guanambi/BA
    Pós-doutor em Direito. Área Fiscal

Downloads

Publicado

2017-08-01

Edição

Seção

Artigos

Como Citar

Compliance na Administração Pública: Uma necessidade para o Brasil. Revista de Direito da Faculdade Guanambi, Guanambi, v. 3, n. 01, p. 75–95, 2017. DOI: 10.29293/rdfg.v3i01.103. Disponível em: https://portaldeperiodicos.animaeducacao.com.br/index.php/RDFG/article/view/13871.. Acesso em: 17 jun. 2024.