NATUREZA E ESPECIFICIDADE DA EDUCAÇÃO FÍSICA NA ESCOLA

Autores

  • Tiago Nicola Lavoura Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC)

DOI:

https://doi.org/10.19177/prppge.v14e25202099-119

Palavras-chave:

Teoria e Prática Educativa, Educação Física, Educação Escolar.

Resumo

O artigo busca discutir a natureza e a especificidade da Educação Física, bem como, possibilidades e limites de ser considerada uma disciplina do currículo escolar estruturada e desenvolvida a partir e por meio de teorizações científicas. Procura elucidar uma propositura defendendo a tese de que uma concepção de Educação Física verdadeiramente edificada sob as bases científicas do conhecimento deve ter o desenvolvimento de três dimensões distintas e inter-relacionadas de fundamentos: a filosófico-metodológica, a teoria pedagógica e a prática pedagógica. Verifica de que forma encontram-se desenvolvidos e articulados tais níveis de fundamentos na abordagem crítico-superadora da Educação Física, incitando que se faça o mesmo com as demais concepções de ensino existentes nesse campo.

Biografia do Autor

Tiago Nicola Lavoura, Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC)

Pós-doutor em Educação e Psicologia pela Faculdade de Psicologia e Educação da Universidade de Aveiro, Portugal (UA). Pós-doutor em Educação Escolar pela Faculdade de Ciências e Letras da Universidade Estadual Paulista (UNESP-Araraquara). Doutor em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Professor Titular da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação – Mestrado Profissional (UESC). Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Formação Humana e Educação Física (GEPEFEF-UESC). Lattes: http://lattes.cnpq.br/9118615791519344. Orcid: https://orcid.org/0000-0003-4382-0415. E-mail: nicolalavoura@gmail.com.

Downloads

Publicado

2020-08-26

Edição

Seção

Dossiê Temático