AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO TERMOENERGÉTICO DA MADEIRA LAMINADA COLADA (MLC) COMO ALTERNATIVA BIOCLIMÁTICA EM COBERTURA RESIDENCIAL

Autores

  • Leticia Dias Gomes UDESC
  • Julia Dias Gomes UDESC
  • Ana Mirthes Hackenberg UDESC

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v9e02020345-362

Palavras-chave:

Madeira Laminada Colada. Eficiência energética. BIM. Arquitetura bioclimática.

Resumo

O objetivo do ensaio é a realização de testes com o programa computacional Autodesk Revit ®, baseado na tecnologia BIM, com a utilização da ferramenta Insight e Green Building Studio Autodesk®, para através de um modelo real, com as propriedades térmicas dos materiais, gerar a simulação termoenergérica de uma edificação que usa a Madeira Laminada Colada (MLC) de Pinus elliottii como elemento estrutural de vigas e da cobertura, visto o material como um produto de alto potencial para elementos construtivos além da sustentabilidade ao aplicá-lo. As análises de eficiência energética e comportamento do material foram realizadas de modo que se constatou que os resultados obtidos em conjunto com os materiais utilizados em construção, em especial a MLC, são adequados para os parâmetros de conforto estabelecidos pelas normativas e tornando-a aliada aos preceitos de construção e arquitetura bioclimática.

 

Biografia do Autor

Leticia Dias Gomes, UDESC

Arquiteta e urbanista (UDESC) com graduação sanduíche pela Budapest University of Technology and Enconomics (BME) – Hungria, mestranda do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Universidade do Estado de Santa Catarina, leticiadiasgomes@outlook.com

Julia Dias Gomes, UDESC

Arquiteta e urbanista (UDESC) com graduação sanduíche pela Budapest University of Technology and Enconomics (BME) – Hungria, mestranda em Desenvolvimento Regional e Urbano (PPDRU/UNIFACS), juliadiasgomes@outlook.com

Ana Mirthes Hackenberg, UDESC

Arquiteta e Urbanista (UFPR), mestrado em Arquitetura EESC pela USP, e doutorado em Planejamento de Sistemas Energéticos pela Universidade Estadual de Campinas. Pós-Doutorado pela Politecnico e Università di Torino - Osservatorio città Sostenibile, OCS. Professora do Departamento de Engenharia Civil, Universidade do Estado de Santa Catarina, ana.hackenberg@udesc.br

Downloads

Publicado

2020-02-21