DIAGNÓSTICO DOS IMPACTOS AMBIENTAIS E PROPOSTA DE RECUPERAÇÃO DE UMA ÁREA URBANA DEGRADADA, LOCALIZADA NO MUNICÍPIO DE ITUMBIARA-GO.

Autores

  • Thiago Alves Lopes Silva Secretaria de Educação do Estado de Goiás
  • Narcisa Silva Soares Instituto Luterano de Ensino Superior de Itumbiara - ILES/ULBRA
  • Haienny Araújo da Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás - Campus Itumbiara

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v5e12016181-206

Palavras-chave:

Diagnóstico, Recuperação, Impactos ambientais

Resumo

O presente trabalho objetivou identificar os impactos ambientais de uma área degradada, localizada no perímetro urbano do município de Itumbiara-GO, bem como propor ações para recuperação da mesma. Utilizou-se como mecanismos de coleta de dados, os registros fotográficos, observações sistematizadas e anotações em diário de campo. A caracterização do meio físico e biológico deu-se por meio da observação direta e do levantamento bibliográfico das características do relevo, hidrografia, clima e vegetação da região de Itumbiara, na qual se encontra localizada a área em estudo. Já a identificação dos impactos ambientais e as medidas para recuperação da área foram elaboradas utilizando como referência para observação, as condições do solo, cobertura vegetal nativa existente, despejo de lixo, presença de animais e as condições das nascentes. Os principais impactos ambientais visualizadas na área foram: declividade do terreno, compactação do solo em alguns locais, retirada da cobertura vegetal nativa, embalagens plásticas espalhas por vários locais, presença de animais pastando, esgoto doméstico lançado junto a uma das nascentes e construção de um poço na outra nascente, a qual estava sendo direcionada como bebedouro aos animais que pastavam na área. As principais medidas para recuperação e manutenção da propriedade consistem no isolamento da área, remoção dos resíduos sólidos, planificação e descompactação do terreno, alocação de placas indicativas de proibição da entrada de animais e deposição de lixo, controle mecânico das espécies vegetais invasoras, plantio e manutenção de espécies nativas e conscientização da comunidade circunvizinha sobre a necessidade de preservação. Pode-se concluir, que a área em estudo apresentava impactos ambientais que atingiam o meio biótico e abiótico provenientes da ação humana e que as medidas de recuperação e manutenção da mesma só serão efetivas por meio da conscientização da população circunvizinha da importância de preservação dos recursos naturais em prol garantia de uma melhor qualidade de vida. Por fim, vale ressaltar que este estudo pode subsidiar a implantação de medidas de recuperação em outras áreas que apresentem perfil físico e biológico semelhante ao da área estudada.

 

Palavras-chave: Diagnóstico. Recuperação. Impactos ambientais.

Biografia do Autor

Thiago Alves Lopes Silva, Secretaria de Educação do Estado de Goiás

Graduado em Licenciatura em Ciências com habilitação em Biologia pelo Instituto Luterano de Ensino Superior de Itumbiara/ Ulbra (2009); Graduado em Licenciatura em Química pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás - Campus Itumbiara (2014) e Especialista em Gerenciamento Ambiental pelo Instituto Luterano de Ensino Superior de Itumbiara/ Ulbra (2014) . Atualmente é Professor P-III de Biologia da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte(Subsecretaria Regional de Itumbiara) e Mestrando do Programa de Biocombustíveis da Universidade Federal de Uberlândia (UFVJM/UFU).

 

Narcisa Silva Soares, Instituto Luterano de Ensino Superior de Itumbiara - ILES/ULBRA

Doutora em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais, Departamento de Biologia, Instituto Luterano de Ensino Superior de Itumbiara ILES/ULBRA, Itumbiara, GO, Brasil

Haienny Araújo da Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás - Campus Itumbiara

Graduada em Licenciatura em Química pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás, Campus Itumbiara.

Downloads

Publicado

2016-05-12

Edição

Seção

Artigos