Literatura infantil e ideologia

da Escola sem Partido à pedagogia da ironia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29293/rdfg.v7i02.305

Palavras-chave:

Direito e literatura. Ideologia. Literatura infantil. Pedagogia irônica.

Resumo

No século XIX, a literatura infantil surge como um instrumento ideológico a serviço das classes dominantes, com a finalidade de formar indivíduos alinhados com as aspirações daquelas sociedades. Esse modelo é identificado pela construção de um conhecimento bivalente e empobrecido, por limitar-se a um pensamento polarizado que se opõe à revolução filosófica ocasionada pelo giro ontológico-linguístico. Na atualidade, ainda é possível identificar essas influências em bandeiras como, por exemplo, a da “escola sem partido”, o que conduz à discussão sobre a influência da literatura infantil no ensino universitário do direito e na formação do senso comum teórico dos juristas. A partir dessa problemática, por meio do método hipotético-dedutivo, o presente ensaio propõe uma pedagogia irônica, amparada na filosofia de Rorty, como uma poderosa e emancipatória ferramenta de ensino.

Biografia do Autor

  • Guilherme Gonçalves Alcântara, Centro Universitário FG (UniFG), Guanambi, BA, Brasil.

    Mestre em Fundamentos e Efetividade do Direito pelo programa de pós-graduação stricto sensu do Centro Universitário Uni-FG. Docente no Centro Universitário UniFG. Integrante do grupo de pesquisa 'Ser-Tão - Núcleo Baiano de Direito e Literatura' e do grupo de pesquisa em Ética, autonomia e fundamentos do Direito. Ex-Bolsista CAPES-PROSUP. Advogado.

  • Aline Mariane Ladeia Silva, Centro Universitário FG (UniFG), Guanambi, BA, Brasil.

    Mestranda em Direito pelo Programa de Pós-Graduação Strictu Sensu do Centro Universitário UniFG. Bolsista de pesquisa pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - FAPESB. Pesquisadora do Grupo de Pesquisa Cultura, Arte, Direito, Informação e Sociedade – CADIS e 'Ser-Tão - Núcleo Baiano de Direito e Literatura'. Pós-graduada em Direito Público. Advogada.

Publicado

2020-12-15

Edição

Seção

Artigos

Como Citar

Literatura infantil e ideologia: da Escola sem Partido à pedagogia da ironia. Revista de Direito da Faculdade Guanambi, Guanambi, v. 7, n. 02, p. e305, 2020. DOI: 10.29293/rdfg.v7i02.305. Disponível em: https://portaldeperiodicos.animaeducacao.com.br/index.php/RDFG/article/view/13945.. Acesso em: 14 jul. 2024.