ADIÇÃO DA CINZA DA FOLHA DE BANANEIRA NA ARGAMASSA

Autores

  • Daniel Martins Papini Mota Universidade Fundação Mineira de Educação e Cultura - FUMEC
  • Silvana Julia da Silveira Diniz UNA
  • Anna Carolina Maciel Reis UNA
  • Daniel Soares Alcântara UNA
  • Eduardo Henrique Gonçalves Costa UNA
  • Grazielle Souza Campos UNA
  • Lucas de Oliveira Abreu UNA
  • Natália de Carvalho UNA

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v9e0202055-69

Palavras-chave:

Resíduos. Cinzas. Argamassa. Aditivo. Resistência.

Resumo

A banana é a segunda fruta mais cultivada no Brasil, devido a esse fato, a bananicultura produz uma quantidade significativa de resíduos de material vegetal. Uma maneira de aproveitar esse resíduo agrícola é utilizá-lo na construção civil. Devido as propriedades pozolânicas das cinzas de um material, decidiu-se realizar a implementação das cinzas da folha de bananeira no processo de fabricação de argamassas. Esse trabalho, possui como objetivo, averiguar o comportamento desse resíduo agrícola utilizado como aditivo em argamassas. Para isso, confeccionou-se corpos de prova de argamassa industrializada, argamassa in loco e argamassa com o aditivo de cinzas de folha de bananeira com o intuito de realizar o teste de resistência à compressão para argamassas. Constatou-se, assim, que o resíduo agrícola proveniente da folha da bananeira, utilizado como aditivo, aumentou a resistência à compressão em relação à argamassa industrial e em relação à argamassa feita in loco. Portanto, conclui-se que as cinzas provenientes da folha da bananeira podem ser utilizadas como aditivo na argamassa, sendo essa, uma finalidade sustentável para a construção civil e como finalidade para o resíduo vegetal.

 

Biografia do Autor

Daniel Martins Papini Mota, Universidade Fundação Mineira de Educação e Cultura - FUMEC

                                

Engenheiro Civil pela Universidade Fundação Mineira de Educação e Cultura - FUMEC; Matemático pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG; e Mestre em engenharia Civil pela Universidade Fundação Mineira de Educação e Cultura - FUMEC. E-mail: daniel.papini@prof.una.br 

Silvana Julia da Silveira Diniz, UNA

Engenheira Elétrica pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais e mestrado em Educação Tecnológica pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais. E-mail: silvana.diniz@prof.una.br

Anna Carolina Maciel Reis, UNA

Graduando em Engenharia Civil pela Faculdade Una de contagem. E-mail: annacarolinamreis@gmail.com

Daniel Soares Alcântara, UNA

Graduando em Engenharia Civil pela Faculdade Una de contagem. E-mail: daniel_alcantara123@hotmail.com

Eduardo Henrique Gonçalves Costa, UNA

Graduando em Engenharia Civil pela Faculdade Una de contagem. E-mail: e.duardo.hg.7@gmail.com

Grazielle Souza Campos, UNA

Graduando em Engenharia Civil pela Faculdade Una de contagem. E-mail: graziellecampos1999@gmail.com

Lucas de Oliveira Abreu, UNA

Graduando em Engenharia Civil pela Faculdade Una de contagem. E-mail: lucasabreu2406@gmail.com

Natália de Carvalho, UNA

Graduando em Engenharia Civil pela Faculdade Una de contagem. E-mail: natalia.carvalho10@live.com

Downloads

Publicado

2020-02-21