USO RACIONAL DA ÁGUA EM UMA ESCOLA PÚBLICA DO RECIFE-PE: PERPECÇÃO DOS USUÁRIOS

Autores

  • Luiz Gustavo Costa Ferreira Nunes Universidade de Pernambuco. http://orcid.org/0000-0002-1493-1266
  • Anna Elis Paz Soares Universidade de Pernambuco.
  • Juliana Karla da Silva Universidade de Pernambuco.
  • Simone Rosa da Silva Universidade de Pernambuco.

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v7e12018822-835

Palavras-chave:

Conservação de água. Gestão da demanda hídrica. Escolas públicas.

Resumo

Diversos autores relatam que o uso inconsciente da água e as perdas causadas através de vazamentos são de grande relevância no consumo de água em escolas. A identificação dos setores escolares mais desperdiçadores é de total importância para subsidiar ações para conservação de água. Assim, a proposta do trabalho é avaliar a percepção dos usuários quanto ao uso racional da água de uma escola-piloto localizada no município de Recife (Pernambuco). Assim, a pesquisa ocorreu através de questionários e formulários de observação. Os dados obtidos caracterizaram o consumo de água da escola, apontando os setores com maiores desperdícios e uso inadequado da água, e que devem obter maior atenção para otimizar o consumo de água. Os resultados foram comparados com outros estudos realizados em outras regiões do país, e concluiu-se que a escola não apresenta uma realidade muito diferente de escolas de outras regiões brasileiras.

Biografia do Autor

Luiz Gustavo Costa Ferreira Nunes, Universidade de Pernambuco.

Universidade de Pernambuco. http://orcid.org/0000-0002-1493-1266. E-mail: l.gustavo.nunes@hotmail.com

Anna Elis Paz Soares, Universidade de Pernambuco.

Universidade de Pernambuco. E-mail: anna_elispaz@hotmail.com

Juliana Karla da Silva, Universidade de Pernambuco.

Universidade de Pernambuco. E-mail: julianaks@gmail.com

Simone Rosa da Silva, Universidade de Pernambuco.

Universidade de Pernambuco. E-mail: simonerosa@poli.br

Downloads

Publicado

2018-02-19

Edição

Seção

Estudos de Caso