AVALIAÇÃO DA SUSTENTABILIDADE NA GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS: ESTUDO DE CASO ENVOLVENDO SEGMENTOS SOCIAIS DO MUNICÍPIO DE FEIRA DE SANTANA, BAHIA.

Autores

  • Aline Santana Dos Santos Universidade Estadual de Feira de Santana, Bahia
  • Sandra Maria Furiam Dias Professora Colaboradora na Universidade Estadual de Feira de Santana no Programa de Pós Graduação em Engenharia Civil e Ambiental País Brasil
  • Luciano Mendes Souza Vaz Atualmente é Professor Assistente na Universidade Estadual de Feira de Santana e locado no Departamento de Ciências Biológicas.

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v5e12016119-141

Palavras-chave:

resíduos sólidos urbanos, gestão, indicadores, sustentabilidade

Resumo

A presente pesquisa buscou avaliar a sustentabilidade da Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos no município de Feira de Santana, Bahia, por meio da aplicação da matriz de indicadores de sustentabilidade proposta por Santiago e Dias (2012). A avaliação foi precedida de revisão bibliográfica em bases públicas e literatura acadêmica sobre a situação econômica, social, cultural, ambiental, política e manejo dos resíduos sólidos do município. Dessa forma, objetivando agregar valor a pesquisa e potencializar a visão sistêmica foram introduzidas informações sobre a compreensão de 44 moradores e catadores de materiais recicláveis, sobre manejo de resíduos sólidos urbanos pela aplicação de questionário. Além disto, foram realizadas observações de campo em 22 dos 44 bairros da sede municipal e nos 8 distritos. Após aplicação da matriz o nível de sustentabilidade encontrado foi de 4,1 que corresponde a baixa sustentabilidade, sendo as dimensões financeira e inclusão social as mais insustentáveis. O resultado encontrado convoca os gestores públicos para tomada emergencial de decisões como a elaboração do plano de gestão de resíduos sólidos urbanos conforme determina a Política Nacional de Resíduos Sólidos e chama atenção para a importância da participação popular na Gestão. Diante do cenário um plano de metas para Gestão Sustentável foi proposto.

Biografia do Autor

Aline Santana Dos Santos, Universidade Estadual de Feira de Santana, Bahia

Bacharel em Engenharia Ambiental pela Faculdade de Ciência e Tecnologia - Área 1(2012), mestrado em Engenharia Civil e Ambiental pela Universidade Estadual de Feira de Santana(2015). Atua na área de Saneamento Ambiental, com ênfase em Resíduos Sólidos Urbanos e Educação Ambiental.

Sandra Maria Furiam Dias, Professora Colaboradora na Universidade Estadual de Feira de Santana no Programa de Pós Graduação em Engenharia Civil e Ambiental País Brasil

Graduada em Engenharia Civil pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1977), mestrado em Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1984) e doutorado em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo (2003). Atualmente professora Colaboradora na Universidade Estadual de Feira de Santana no Programa de Pós Graduação em Engenharia Civil e Ambiental

Luciano Mendes Souza Vaz, Atualmente é Professor Assistente na Universidade Estadual de Feira de Santana e locado no Departamento de Ciências Biológicas.

Luciano Mendes Souza Vaz concluiu o Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas na Universidade Estadual de Feira de Santana em 1996, o Mestrado em Ciências Florestais na Escola Superior de Agronomia Luiz de Queiroz-USP em 2000, e o Doutorado em Biotecnologia na Universidade Estadual de Feira de Santana em 2012. Foi Professor Visitante na Universidade Estadual de Feira de Santana no departamento de Tecnologia no período de 2001 a 2004. Atualmente é Professor Assistente na Universidade Estadual de Feira de Santana e locado no Departamento de Ciências Biológicas. O professor também contribui com o curso de Especialização Educação Ambiental para a Sustentabilidade (UEFS) e no Mestrado em Engenharia Civil e Ambiental (UEFS). Publicou 05 artigos em periódicos, 40 trabalhos em anais de eventos, participou em 06 capítulos de livros e 02 livros publicadas pela FUNASA. Co-orientou uma dissertação de Mestrado, orientou 15 monografias de Especialização, orientou 21 monografias na graduação de Ciências Biológicas (UEFS) e 21 trabalhos de Extensão, Atua nas áreas de Saneamento Ambiental, com ênfase em gerenciamento de resíduos sólidos, tratamento de resíduos orgânicos com enfoque na Compostagem, Trabalha também com a temática de Gerenciamento de Resíduos Sólidos e Educação Ambiental voltada para o empoderamento e construção de sociedades sustentáveis. Coordena o Programa de Pesquisa e Extensão Estudos e Educação Ambiental da UEFS e o Projeto de Compostagem da UEFS.

Downloads

Publicado

2016-05-12

Edição

Seção

Artigos