IMPLANTAÇÃO DE UM SISTEMA DE COLETA SELETIVA: ASPECTOS LEGAIS E DE SUSTENTABILIDADE

Autores

  • Antonio Jackson Alcantara Frota Universidade de Fortaleza
  • Mônica Mota Tassigny Universidade de Fortaleza
  • Fabiana Pinto de Almeida Bizarria Universidade de Fortaleza
  • Artur Gomes de Oliveira Universidade de Fortaleza Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe.

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v4e12015129-155

Palavras-chave:

Resíduos sólidos. Coleta seletiva. Gestão.

Resumo

O presente estudo tem como objeto analisar os desafios e as perspectivas de sustentabilidade na implantação de programas de coleta seletiva. Para alcançar o objetivo proposto, foram analisados os desafios de uma boa gestão de resíduos sólidos, diminuindo a sustentabilidade dos projetos que visam assegurar as políticas da administração compartilhada entre o público e o privado. Na pesquisa apresentada, foi utilizado o método qualitativo, sendo sua análise de natureza descritiva, fundamentada em pesquisa bibliográfica e documental. As reflexões referentes à boa gestão de resíduos sólidos urbanos que evoquem a boa operacionalização de um programa de coleta seletiva indica que o município deveria oferecer aos cidadãos uma infraestrutura que colaborasse com o programa de coleta seletiva, carecendo estrutura sanitária, água, luz, telefone, vias pluviais, centros de saúde, educação ambiental, vias pavimentadas, entre outras realidades ainda muito distantes do contexto de muitas cidades brasileiras.

Biografia do Autor

Antonio Jackson Alcantara Frota, Universidade de Fortaleza

Possui graduação em FILOSOFIA pela Faculdade Católica de Fortaleza (2000), graduação em TEOLOGIA pelo Instituto Santo Tomás de Aquino - Belo Horizonte- MG (2004) e graduação em ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS pela Universidade de Fortaleza - UNIFOR (2010). Especialização em Assessoria Executiva em Gestão Pública e Privada pela Universidade Federal do Ceará (UFC) em (2012). Mestre em Administração de Empresas pela Universidade de Fortaleza - UNIFOR, (2014).

Mônica Mota Tassigny, Universidade de Fortaleza

Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Ceará (2002) e doutorado na Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales (Paris). Atualmente é professora titular da Universidade de Fortaleza (UNIFOR), do quadro permanente do Programa de Pós Graduação em Administração (PPGD) e Professora colaboradora do Programa de Pós-Graduação em Direito (PPGD) da UNIFOR.

Fabiana Pinto de Almeida Bizarria, Universidade de Fortaleza

Psicóloga

Especialista em Saúde Pública

Mestranda em Administração

Artur Gomes de Oliveira, Universidade de Fortaleza Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe.

Graduado em Inglês pela Cambridge University (1983) e pela Michigan University - Ann Arbor (1988). Graduado em Engenharia Química pela Universidade Federal de Sergipe (1996) e, em 2002, concluiu o curso de Especialização em Administração e Supervisão Escolar pela Faculdade de Ciências e Letras de Araras, Araras / SP. Em 2010, concluiu o Mestrado Acadêmico em Administração na Universidade Potiguar - UNP - em Natal / RN. Atualmente é professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe e, em 2011, iniciou o Doutorado em Administração na Universidade de Fortaleza - UNIFOR , Fortaleza / CE.

Downloads

Publicado

2015-06-01

Edição

Seção

Artigos