RESÍDUOS SÓLIDOS DE ESPAÇOS MAKER: UMA ESTRATÉGIA ECOLÓGICA

Autores

  • Lilian Vieira Humbert UFSC
  • Regiane Trevisan Pupo UFSC

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v10e02021149-162

Palavras-chave:

Fabricaçao digital, Resíduos Sólidos, Bijuteria.

Resumo

Os resíduos sólidos gerados em larga escala após processos de produção em laboratórios de fabricação digital, hoje, podem causar impactos irreversíveis num futuro próximo, se não forem reutilizados ou reaproveitados de forma consciente e produtiva. O mau acondicionamento de materiais utilizados em laboratórios deste tipo, além da falta consciente de sua destinação para locais corretos de reciclagem, são aqui analisados, resultando na utilização do upcycling como estratégia ecológica de design para o aproveitamento dos resíduos. Reaproveitar estes resíduos na produção de artefatos de bijuteria é a experiência aqui relatada, e o resultado obtido foi o surgimento da possibilidade de estimular a criatividade e desenvolver peças realmente utilizáveis a partir de resíduos provenientes de laboratórios de fabricação digital.

Downloads

Publicado

2021-08-03