ANÁLISE DOS RISCOS ECONÔMICOS, SOCIAIS E AMBIENTAIS NA EXPLORAÇÃO DO GÁS DE XISTO POR “FRACKING” NO MUNICÍPIO DE PAPANDUVA – SC

Autores

  • Gabriela Carpejani Centro de Desenvolvimento Sustentável (GREENS). Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), Brasil.
  • José Baltazar Salgueirinho Osório de Andrade Guerra Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul).
  • Jacir Leonir Casagrande UNISUL

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v9e02020147-164

Resumo

A exploração do Xisto, independentemente do método a ser utilizado em sua extração traz impactos negativos de ordem econômica, social e ambiental. Este artigo busca o embasamento teórico e a justificativa bibliográfica de que a exploração por FRAC ou Fracking para extração do gás de Xisto como fonte de energia é um retrocesso. Realiza-se uma discussão entre a literatura e as consequências deste método de extração para o Município de Papanduva, localizado no Estado de Santa Catarina – Brasil, nas esferas econômico, social e ambiental. Como resultado, entende-se que o processo de extração é um retrocesso e vai contra aos investimentos em tecnologia limpas e renováveis e que trará um passivo de legado sem precedentes.

 

Palavras-chave: Exploração do Gás de Xisto. Fracking. Impactos Negativos. Tripé da Sustentabilidade. Energia.

Biografia do Autor

Gabriela Carpejani, Centro de Desenvolvimento Sustentável (GREENS). Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), Brasil.


Centro de Desenvolvimento Sustentável (GREENS). Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), Brasil. E-mail: gabrielacpj@yahoo.com.br

 

José Baltazar Salgueirinho Osório de Andrade Guerra, Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul).

Professor Titular da Unisul. Centro de Desenvolvimento Sustentável (GREENS). Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), Brasil. Bolsista do Centro de Cambridge para o Meio Ambiente, Energia e Governança de Recursos Naturais (C-EENRG), Departamento de Economia da Terra, Universidade de Cambridge, Reino Unido. E-mail: baltazar.guerra@unisul.br

Jacir Leonir Casagrande, UNISUL

[3] Coordenador do Programa de Pós-Graduação (Mestrado) em Administração da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), Brasil. E-mail: jacir.casagrande@unisul.br

Downloads

Publicado

2020-02-21