CONHECIMENTO ECOLÓGICO LOCAL DOS PESCADORES ARTESANAIS DA APA DO DELTA DO RIO PARNAÍBA, PIAUÍ, BRASIL

Autores

  • Maria Gracelia Paiva Nascimento UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ
  • Kelly Polyana Pereira Santos UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ
  • Eudes Ferreira de Lima UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ
  • Victor de Jesus da Silva Meireles UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ
  • Ivanilza Moreira de Andrade UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ
  • Roseli Farias Melo de Barros UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v9e42020275-296

Palavras-chave:

Etnozoologia, Sustentabilidade, Saber tradicional

Resumo

Objetivou-se delinear o conhecimento ecológico local da comunidade de pescadores artesanais de Barrinha - Cajueiro da Praia - PI. Foram entrevistados 52 pescadores, sendo 33 homens e 19 mulheres, com idade entre 18 a 79 anos. Para o levantamento e análise dos dados, utilizou-se métodos qualitativos (entrevistas semiestruturadas, observação direta e turnês-guiadas) e quantitativos (Valor de Uso - VU, Índice de Shannon - H’ e Rarefação). Foram registradas 50 espécies, pertencentes a três categorias de uso, sendo a mais representativa alimentícia (98%). As espécies mais citadas foram: Mugil curema (Valenciennes, 1936) (saúna) e Conodon nobilis (Linnaeus,1758) (coró). As espécies com maiores valores de uso (VU= 0,058) foram: Dasyatis guttata (Bloch & Schneider,1801) (arraia) e Thichiurus lepturus Linnaeus, 1758 (espada). Verificou-se que não houve diferenças significativas entre os gêneros, porém a faixa etária jovens apresentou menos conhecimento que adultos e idosos. Os resultados fortalecem a importância de se preservar a biodiversidade da ictiofauna local, uma vez que está inserida em Área de Proteção Ambiental (APA).

Biografia do Autor

Maria Gracelia Paiva Nascimento, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ

doutoranda em Desenvolvimento e Meio Ambiente pela Universidade Federal do Piauí (PRODEMA/UFPI/TROPEN). Possui Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente pela Universidade Federal do Piauí (PRODEMA/UFPI/TROPEN), Campus Ministro Petrônio Portella, em Teresina (2014), Graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Piauí, Campus Ministro Reis Velloso, em Parnaíba (2011). Tem experiência na área de Botânica, com ênfase nos seguintes temas: Etnobotânica, Taxonomia de Fanerógamas, Ecologia e Meio Ambiente, Ecologia e Educação Ambiental. Tem experiência ainda em métodos e práticas no ensino de Ciência e Biologia e Etnoconhecimento ligado à comunidades tradicionais.

Kelly Polyana Pereira Santos, UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

Doutora em Desenvolvimento e Meio Ambiente (UFPI), Mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente (UFPI), Graduada em Ciências Biológicas (UFPI). Professora efetiva da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) - Desenvolve pesquisas nas áreas de Botânica, Zoologia e Ecologia com ênfase na Ciências Ambientais/ Educação Ambiental/ Meio Ambiente e Saúde/ Etnobiologia Geral e Ensino de Ciências.

Eudes Ferreira de Lima, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ

Possui doutorado em Ecologia e Recursos Naturais pela Universidade Federal de São Carlos (1998). Atualmente é Professor Associado I da Universidade Federal do Piauí. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Ecologia Aplicada

Victor de Jesus da Silva Meireles, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ

Doutorado em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais (Ciências Ambientais) pela Universidade Estadual de Maringá (2016). Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente.pela Universidade Federal do Piauí-UFPI (2012). Especialização em Docência do Ensino Superior, Faculdade Piauiense-FAP (2006). Graduação em Ciências Biológicas, Universidade Estadual do Piauí-UESPI (2002). Atualmente é Professor Adjunto I da Universidade Federal do Piauí-UFPI. Atua nas áreas de pesquisa: Etnobotânica, Etnoecologia e Carcinicultura.

Ivanilza Moreira de Andrade, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ

Possui doutorado em Botânica pela Universidade Estadual de Feira de Santana (2006), mestrado em Biologia Vegetal pela Universidade Federal de Pernambuco (1996) e graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Ceará, licenciatura (1993) e bacharelado (1994). Atualmente é professora efetiva da Universidade Federal do Piauí. É professora Permanente do Programa de Mestrado em Biotecnologia da UFPI (BIOTEC) e professora do quadro permanente do Programa de Mestrado e Doutorado em Desenvolvimento e Meio Ambiente (PRODEMA). Curadora do Herbário Delta do Paraíba (HDelta) da Universidade Federal do Piauí,Tem experiência na área de Botânica, com ênfase em Sistemática Vegetal, com os seguintes temas: Taxonomia de fanerógamas, Araceae, morfometria, variabilidade genética e etnobotânica. É bolsista produtividade da UFPI

Roseli Farias Melo de Barros, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ

Licenciada e Bacharel em Ciências Biológicas, pela Universidade Federal de Pernambuco (1985/1987); Mestre em Botânica (Etnobotânica) pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (1992); Doutora em Botânica (Taxonomia de Asteraceae - tribo Vernonieae) pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (2002). Atualmente é Professora Titular do Departamento de Biologia, Professora do Mestrado e Doutorado em Desenvolvimento e Meio Ambiente (PRODEMA); Curadora do Herbário Graziela Barroso (TEPB) da Universidade Federal do Piauí, Tem experiência na área de Botânica (Taxonomia de Asteraceae e Etnobiologia). Bolsista PQ.

Downloads

Publicado

2020-12-29

Edição

Seção

Artigos