SUSTENTABILIDADE EM COMUNIDADES TRADICIONAIS: O ICMS ECOLÓGICO COMO INSTRUMENTO DE PROTEÇÃO AO SISTEMA FAXINALENSE

Autores

  • Maricléia Aparecida Leite Novak Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO
  • Edson Kuzma Universidade Estadual do Centro Oeste - UNICENTRO
  • Carlos Alberto Marçal Gonzaga Universidade Estadual do Centro-Oeste.
  • Sérgio Doliveira Universidade Estadual do Centro-Oeste

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v7e22018672-689

Palavras-chave:

ICMS ecológico, sustentabilidade, desenvolvimento comunitário, faxinais.

Resumo

Tendo como finalidade o incentivo aos Municípios, o imposto sobre circulação de mercadorias e prestação de serviços (ICMS) ecológico surge como agente propulsor, com o intuito de preservar e ampliar áreas de proteção ambiental composta por florestal, recursos hídricos e comunidades tradicionais. Diante disso a presente pesquisa teve por objetivo desenvolver uma reflexão teórico-conceitual a respeito de uma comunidade que mantém o sistema de faxinais como modelo socioeconômica de estabelecimento das relações sociais e de trabalho, apontando brevemente a temática ICMS Ecológico como sendo uma possibilidade ou ferramenta alternativa, que viabiliza a manutenção do sistema tradicional dos faxinais. Diante da problemática exposta foi possível verificar a importância do ICMS ecológico como ferramenta essencial para condições de melhoraria da qualidade de vida das comunidades faxinalenses, conseguindo com isso manter a singularidade dessas, preservando seu patrimônio econômico, social e cultural, incentivando a permanência de diversas famílias no campo, mediante a melhoria da renda, manutenção da organização social,  identidade coletiva.

 

Biografia do Autor

Maricléia Aparecida Leite Novak, Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO

Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO (2013). Especialista em Auditoria e Controladoria e Pós-Graduanda em Docência Universitária pela UNICESUMAR (2015). Mestranda no Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Desenvolvimento Comunitário pela Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO. E-mail: maricleia@hotmail.com.br

Edson Kuzma, Universidade Estadual do Centro Oeste - UNICENTRO

Bacharel em Administração pela Universidade Estadual do Centro Oeste - UNICENTRO (2014) e Mestrando Interdisciplinar em Desenvolvimento Comunitário pela Universidade Estadual do Centro Oeste - UNICENTRO, Campus de Irati. E-mail: edson.kuzma@gmail.com

Carlos Alberto Marçal Gonzaga, Universidade Estadual do Centro-Oeste.

Graduação em Administração pela Faculdade Católica de Administração e Economia(1986), mestrado em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas Gerais(1994) e doutorado em Engenharia Florestal pela Universidade Federal do Paraná(2006). Atualmente é Professor Adjunto D da Universidade Estadual do Centro-Oeste. E-mail: gonzaga@unicentro.br

Sérgio Doliveira, Universidade Estadual do Centro-Oeste

Graduação em Filosofia pela Universidade Federal do Paraná (1988), graduação em Administração pelo Instituto de Estudos Sociais do Paraná (1996), mestrado em Gestão Estratégica de Organizações pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2002) e Doutorado em Administração pela Universidade Federal do Paraná (2013). Atualmente é professor titular da Universidade Estadual do Centro-Oeste, em cursos de Graduação, Especialização e no Mestrado em Desenvolvimento Comunitário. E-mail: sldd@uol.com.br

Downloads

Publicado

2018-04-27

Edição

Seção

Estudos de Caso