VIABILIDADE DE PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL DE MORANGO EM SISTEMA SEMI-HIDROPÔNICO NO MUNICÍPIO DE PAIM FILHO/RS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v6e22017385-403

Palavras-chave:

Água da chuva, Sistema orgânico, Agricultura urbana

Resumo

A produção de morango no sistema semi-hidropônico de forma sustentável se entrelaça com a gestão da água enquanto abundância ou escassez. Neste caso, na agricultura urbana, requer um aparato de técnicas para que torne a atividade viável com o objetivo de evidenciar soluções de utilização da água da chuva, definir métodos de coletas mais adequados e analisar a qualidade da água oferecida aos morangos. Para isso, foram analisadas bibliografias a respeito da Gestão da Água, Sistema de Produção de Morangos e Agricultura Urbana, análise química, física e microbiológica da água da chuva fornecida aos morangos, estudo de caso em uma propriedade urbana com produção de morangos da variedade Albion e Sanandreas (País de origem Chile e Argentina), no sistema semi-hidropônico na cidade de Paim Filho, região norte do Estado do Rio Grande do Sul. Constatou-se que o morango se beneficia com a condição de água de obtida de sistema de coleta de água da chuva, por se tratar de cultivo com viés orgânico. Sendo assim, a propriedade urbana apresenta viabilidade com a utilização da água da chuva e por estar inserida próxima ao mercado consumidor.

Biografia do Autor

Rosele Clairete dos Santos, Universidade Estadual do Rio Grande do Sul

Bióloga, Especialista em Licenciamento Ambiental, Mestre e Doutora em Ciência do Solo

Downloads

Publicado

2017-08-01

Edição

Seção

Artigos