TRATAMENTO DE RESÍDUOS E EFLUENTES ATRAVÉS DE SISTEMAS BIOELETROQUÍMICOS: UMA REVISÃO DA LITERATURA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v10e32021377-396

Palavras-chave:

Sistemas bioeletroquímicos, Célula de combustível microbiana, Geração de energia elétrica, Tratamento de resíduos.

Resumo

Os sistemas bioeletroquímicos são uma tecnologia emergente, a qual utiliza microrganismos para converter a energia química armazenada em materiais biodegradáveis para produzir energia elétrica e produtos químicos de forma mais sustentável do que nos processos convencionais. Dentre os materiais biodegradáveis, muitos resíduos sólidos e efluentes líquidos podem ser utilizados, oferecendo flexibilidade para reações anódicas e catódicas. Em sua estrutura, esses sistemas possuem basicamente uma câmara do ânodo, onde os materiais biodegradáveis são oxidados e geram elétrons livres. Em alguns sistemas com a câmara do cátodo, os elétrons livres passam a gerar corrente na própria célula. Essa tecnologia possui diferentes aplicações como geração de energia elétrica, produção de compostos químicos específicos, dessalinização da água do mar e remediação de solos contaminados. Este trabalho traz uma revisão da literatura sobre todos os sistemas mencionados, bem como as principais reações bioquímicas envolvidas, fornecendo informações e discussões sobre o desenvolvimento atual dessa promissora tecnologia e algumas dificuldades pertinentes, como a produção de energia em larga escala.

Biografia do Autor

Maick Meneguzzo Prado, Universidade Federal de Santa Catarina

Engenheiro Químico (UCS) e Mestre em Engenharia Química (UFSC). Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Elisângela Edila Schneider, Universidade Federal de Santa Catarina

Engenheira Química (UFRGS), Mestre e Doutora em Engenharia Química (PEQ/COPPE/UFRJ). Pós-doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Hugo Moreira Soares, Universidade Federal de Santa Catarina

Engenheira Químico (UFRJ), Mestre em Engenharia Química (USP) e Doutor em Engenharia Ambiental (University of Massachusetts). Professor Titular do Departamento de Engenharia Química e Engenharia de Alimentos  da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Downloads

Publicado

2021-09-24

Edição

Seção

Artigos