NÍVEL DE ADERÊNCIA AOS INDICADORES AMBIENTAIS (GRI) DE UMA EMPRESA DE FRUTICULTURA DO VALE DO SÃO FRANCISCO

Autores

  • Marcos Victor do Carmo Loiola Atualmente é pesquisador selecionado no EDITAL N° 01/2021 DE BOLSISTAS FAPESB com dedicação integral às atividades acadêmicas de ensino, pesquisa e extensão, conforme o Regimento do Programar do PPGADT - Polo UNEB / PPGDiDeS - UNIVASF. http://orcid.org/0000-0002-9216-4066
  • Alvany Maria dos Santos Santiago Federal University of Sao Francisco Valley (Univasf) www.univasf.edu.br http://orcid.org/0000-0002-5869-4848

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v10e32021197-218

Palavras-chave:

Gestão ambiental, Relatório de sustentabilidade, Semiárido.

Resumo

As empresas precisam adotar uma postura proativa e inovadora, frente às mudanças de um cenário globalizado, que permita melhor engajamento econômico-social e ambientalmente responsável. Indicadores com informações transparentes podem nortear o interesse e as decisões estratégicas dos diversos setores. O objetivo deste trabalho foi gerar o Grau de Aderência Plena (GAPIE) e o Grau de Evidenciação Efetiva (GEE) aos indicadores ambientais, baseados no GRI (Global Reporting Initiative) (2013), de uma empresa de Fruticultura Irrigada do Vale do São Francisco em Petrolina-PE. A pesquisa teve caráter qualitativo e alcance exploratório-descritivo, sendo um estudo de caso. Os relatórios públicos de certificação ambiental, entre 2016 – 2018, foram obtidos na página institucional da empresa. Os dados foram analisados e tabulados por meio de planilha Excel com inserção de fórmulas automáticas desenvolvidas para este estudo. Foram analisados 34 indicadores. A empresa apresentou 61% de aderência, nível “B”, e classificação “Médio”, considerada como um bom grau de aderência aos indicadores ambientais. A divulgação dos indicadores de sustentabilidade das empresas do Vale do São Francisco, no Semiárido nordestino, é de peculiar importância a fim de que se tenha uma gestão mais efetiva pelas empresas e para que as políticas públicas caminhem em parceria com o setor empresarial e anseios da sociedade no quesito da sustentabilidade.

Biografia do Autor

Marcos Victor do Carmo Loiola, Atualmente é pesquisador selecionado no EDITAL N° 01/2021 DE BOLSISTAS FAPESB com dedicação integral às atividades acadêmicas de ensino, pesquisa e extensão, conforme o Regimento do Programar do PPGADT - Polo UNEB / PPGDiDeS - UNIVASF.

Doutorando no (PPGADT) - Agroecologia e Desenvolvimento Territorial, que se constitui numa associação de Universidades da Região Nordeste do Brasil, formada pelas Universidades, UNEB / UNIVASF / UFRPE.

MESTRE em Dinâmicas de Desenvolvimento do Semiárido (PPGDiDeS/UNIVASF) 

Especialista em Educação Profissional Integrada PROEJA (IF-Sertão Pernambucano).

Especialista em Tecnologia de Redes e Internet (UNIFOR,).

Graduação em Tecnologia em Processamento de Dados (UNICE,) - Fortaleza - CE.

 Currículo Lattes:  http://lattes.cnpq.br/3874072826559343

https://orcid.org/0000-0002-9216-4066 

Alvany Maria dos Santos Santiago, Federal University of Sao Francisco Valley (Univasf) www.univasf.edu.br

 Doutorando em Psicologia (UFES, 2001). Mestre em Administração (University of Wisconsin, Madison, EUA (2001). Socióloga pela (UFBA, 1983). Professora adjunta na Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e dos programas de Pós-Graduação em Dinâmicas de Desenvolvimento do Semiárido (PPGDiDeS) e do Mestrado Profissional em Administração (Profiap). E-mail: alvany.santiago@univasf.edu.br

Downloads

Publicado

2021-09-24

Edição

Seção

Artigos