RESÍDUOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE DO MUNICÍPIO DE ILHA SOLTEIRA-SP

Autores

  • Lucimar Milherviez Maciel universidade brasil
  • Evandro Roberto Tagliferro
  • Juliana Heloisa Pinê Américo-Pinheiro
  • Danila Fernanda Rodrigues Frias

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v10e12021282-302

Palavras-chave:

Educação continuada, Gerenciamento, Resíduos de Serviços de Saúde, Saúde Pública, Unidades geradoras.

Resumo

As Unidades Básicas de Saúde (UBS) e as unidades de Estratégias de Saúde da Família (ESF) são estabelecimentos que prestam serviços de atenção básica à população de um município. O gerenciamento dos Resíduos de Serviços de Saúde (RSS) gerados por estas unidades acontece por etapas interdependentes cuja finalidade é preservar o bem-estar dos funcionários, conservar o meio ambiente e dar segurança à população. As etapas do gerenciamento devem ser realizadas com base em uma percepção ambiental bem estruturada, de forma sistêmica. No Brasil há uma extensa legislação que regulamenta a questão junto às unidades geradoras. O presente estudo objetivou analisar o gerenciamento desses RSS em UBS’s e unidades de ESF’s do município de Ilha Solteira, no período de 2011 a 2018, utilizando-se da pesquisa bibliográfica e documental, associada à observação e registro fotográfico das ações de gerenciamento adotadas pela administração municipal. Constatou-se que o município possui um Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos que, desde 2012, estabelece o correto gerenciamento dos resíduos, como obrigação dos gestores da saúde e demais trabalhadores destas instituições. Contudo, falta conhecimento sobre a importância do processo para a manutenção de um ambiente salutar para a comunidade. A eficiência na prestação dos serviços é uma busca constante, mas falta atenção em pontos fundamentais. Conclui-se que o sistema necessita de maior aprimoramento. Investimentos na educação continuada, treinamento dos profissionais de saúde e esclarecimento da população mostram-se fundamentais para a solução das questões que envolvem o gerenciamento adequado dos RSS e o correto cumprimento da legislação.

 

Palavras-chave: Educação continuada. Gestão. Legislação. Saúde Pública. Unidades geradoras.

Downloads

Publicado

2021-05-31

Edição

Seção

Resenhas e pesquisa de campo