ANÁLISE DA VIABILIDADE TÉCNICO-ECONÔMICA DE IMPLANTAÇÃO DE RECICLAGEM DE PNEUS PARA PRODUÇÃO DE CBUQ EM TUCURUÍ (PA)

Autores

  • Mateus Mamede Mousinho Universidade Federal do Pará
  • André Luiz Amarante Mesquita Universidade Federal do Pará

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v9e32020808-828

Palavras-chave:

Resíduo Sólido, Pneu Inservível, Usina de Reciclagem, Asfalto-borracha, Análise de Viabilidade.

Resumo

O objetivo principal dessa pesquisa foi quantificar o descarte de pneus inservíveis e analisar a viabilidade técnico-econômica para a implantação do processo de reciclagem de pneus inservíveis na fabricação de agregado borracha na mistura asfáltica em uma usina de asfalto existente. Para tanto, mensurou-se o descarte de pneus inservíveis em janeiro de 2018 na cidade Tucuruí, PA e estimou-se o volume de descarte das cidades adjacentes. Na metodologia utilizada foram aplicados 98 questionários em 30 bairros onde se encontram os estabelecimentos que manuseiam pneus em janeiro de 2018. Para a utilização como insumo para a produção de asfalto, utilizou-se o traço da mistura asfáltica modificada desenvolvido por Coelho et al. (2011). Os resultados demonstraram um montante mensal de 1.664 pneus nas borracharias, 2.347 pneus nas lojas mecânicas, totalizando em 4.011 pneus no município. As cidades adjacentes apresentaram em sua estimativa, 8.031 pneus inservíveis. Para um quilômetro de mistura asfáltica de espessura de 3,5 centímetros será necessário utilizar aproximadamente 11,72 toneladas de agregado reciclado (8,79 toneladas de borracha e 2,93 toneladas de serragem de madeira), chegando a uma economia na compra de matéria-prima de R$ 56.075,41 por quilômetro. Conclui-se que os resultados dos três cenários são satisfatórios, as simulações do estudo foram apenas dos recursos disponíveis para a produção do agregado borracha gerado pelo município como um projeto pioneiro, com intuito que os outros municípios façam parte dessa identidade visual de cidade sustentável.

Biografia do Autor

Mateus Mamede Mousinho, Universidade Federal do Pará

Possui graduação em Engenharia de Produção no Centro Universitário Estado do Pará (2016), especialização em Gestão em Processos Gerenciais (2018) e Mestrado em Engenharia de Infraestrutura e Desenvolvimento Energético pela Universidade Federal do Pará (2019). Tem experiência na área de gestão com pessoas, gerenciamento de projetos, gestão de contratos e planejamento e controle da produção, atuando principalmente nos seguintes temas: empreendedorismo social, gerenciamento de projeto, comunidades ribeirinhas e extensão. Tem grande interesse na área de Engenharia de Produção, com ênfase em Gestão de Projetos e de Processos.

André Luiz Amarante Mesquita, Universidade Federal do Pará

Graduação em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal do Pará (1984), mestrado em Engenharia Aeronáutica e Mecânica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (1987) e doutorado em Engenharia Mecânica - Institut National Polytechnique de Grenoble (1992). Atualmente é professor titular da Universidade Federal do Pará e Diretor do TECNOLAGO - Parque de Tecnologia do Lago de Tucuruí.

Downloads

Publicado

2020-09-30

Edição

Seção

Estudos de Caso