ANÁLISE INTEGRADA DOS ASPECTOS E IMPACTOS AMBIENTAIS DA ATIVIDADE OPERACIONAL EM PARQUE EÓLICO NO SUDOESTE DA BAHIA / BRASIL

Autores

  • Lucidalva Rodrigues de Souza Nogueira Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"
  • Admilson Írio Ribeiro Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"
  • Gerson Araújo de Medeiros Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"
  • Antônio Cesar Germano Martins Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"
  • Regina Márcia Longo Pontifícia Universidade Católica ( Puc) - Campinas

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v9e4202040-63

Palavras-chave:

Energia renovável

Resumo

A demanda por energia elétrica e seus sistemas de produção e distribuição são relevantes para a sociedade, pois está associada ao desenvolvimento das nações. Atualmente muitas empresas do ramo estão surgindo em nosso país, particularmente na região Nordeste, devido às condições ambientais para geração de energia eólica. Assim, como toda ação antrópica, a utilização dos ventos para geração de energia elétrica apresenta impactos positivos e negativos. Nesse sentido, a proposta dessa pesquisa foi realizar uma análise integrada dos aspectos e impactos ambientais na operação do Parque Eólico Complexo Alto Sertão no distrito de Morrinhos - Guanambi\Bahia. A proposta de estudo foi delineada por meio de dois métodos de avaliação de impacto ambiental: rede de interação e matriz de ponderação. Dentre os impactos positivos destacados pode ser citada a melhoria das condições de vida dos proprietários de terra os quais são contratados por arrendamento do uso da área. Outro impacto positivo significativo foi à geração de empregos na instalação e operação do empreendimento, pois sugiram oportunidades de serviços local e regional. Destaca se também como impacto positivo significativo o aumento de recursos econômicos para os municípios da região dado o aumento na arrecadação de impostos e tributos. Assim, a sociedade local entende que produção de energia eólica auxilia desenvolvimento socioeconômico.  A produção de energia eólica, mesmo sendo uma fonte renovável, como toda atividade humana promove também impactos negativos. Os impactos negativos mais significativos percebidos pela comunidade foram: emissão de ruídos oriundo das torres em funcionamento; a ruptura da paisagem local devido à instalação do conjunto de aerogeradores que modificam a paisagem natural do ambiente.  

Biografia do Autor

Lucidalva Rodrigues de Souza Nogueira, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Ciências Ambientais da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” na Área de Concentração Diagnóstico, Tratamento e Recuperação Ambiental.

Admilson Írio Ribeiro, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Ciências Ambientais da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” na Área de Concentração Diagnóstico, Tratamento e Recuperação Ambiental.Professor, doutor ICT  UNESP Sorocaba/SP- Programa de pós-graduação em Ciências Ambientais.

Gerson Araújo de Medeiros, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Ciências Ambientais da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” na Área de Concentração Diagnóstico, Tratamento e Recuperação Ambiental.Professor, doutor ICT  UNESP Sorocaba/SP- Programa de pós-graduação em Ciências Ambientais.

Antônio Cesar Germano Martins, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Ciências Ambientais da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” na Área de Concentração Diagnóstico, Tratamento e Recuperação Ambiental.Professor, doutor ICT  UNESP Sorocaba/SP- Programa de pós-graduação em Ciências Ambientais.

Regina Márcia Longo, Pontifícia Universidade Católica ( Puc) - Campinas

Professora, doutora.PUC  Campinas, /SP – Pós graduação em Sistemas de Infra estruturas Urbana PUC-Campinas.

Downloads

Publicado

2020-12-29

Edição

Seção

Artigos