IMPACTOS AMBIENTAIS EM ÁREAS DE DISPOSIÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS EM SANTA HELENA DE GOIÁS

Autores

  • Ananda Ferreira de Oliveira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano - Campus Rio Verde
  • Rafael Abreu Miranda Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano - Campus Rio Verde
  • Laís Alves Soares Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano - Campus Rio Verde

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v8e32019688-706

Palavras-chave:

Resíduos Sólidos, Avaliação de Impactos Ambientais, Check-list

Resumo

A sociedade contemporânea enfrenta um grande dilema entre a geração desenfreada de resíduos sólidos e os impactos ambientais que causam. Alocar inadequadamente os resíduos gera diversos problemas ambientais e sociais como: comprometimento de mananciais hídricos e solo, depleção da qualidade de vida da população local, entre outros. Levando em consideração os potenciais impactos ambientais resultantes da disposição final dos resíduos sólidos urbanos, o presente estudo visou avaliar esta etapa do gerenciamento, avaliando a situação ambiental de diversas áreas de disposição final de resíduos sólidos no município de Santa Helena de Goiás – GO. A metodologia consistiu na aplicação do método Check-list, que se baseia na identificação e listagem de impactos ambientais que determinado empreendimento ou atividade causa. Essa avaliação foi baseada em alguns parâmetros qualitativos: Natureza, magnitude, abrangência e frequência. Os resultados demonstraram que as áreas estudadas são classificadas como inadequadas para a disposição final de resíduos sólidos, podendo causar diversos impactos ambientais na região, além de apresentar falhas no gerenciamento.

Downloads

Publicado

2019-10-03

Edição

Seção

Estudos de Caso