AVALIAÇÃO DE ECONOMIA PARA DIFERENTES CAPACIDADE DE CISTERNA PARA UMA ESCOLA TÉCNICA DA REDE FEDERAL

Autores

  • Cesar Alberto Ruver Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS
  • Natan Gabriel Arnhorld Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense (IFSul)
  • Gabriel Zardin Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense (IFSul)

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v9e32020173-201

Palavras-chave:

Aproveitamento de Água Pluvial, Economia de Consumo, Cálculo da Capacidade de Cisternas

Resumo

O aproveitamento da água pluvial traz diversas vantagens do ponto de vista ambiental e econômico. Na concepção do projeto técnico pode-se destacar a determinação capacidade da cisterna. Esta deve ter uma eficiência (volume capaz atender a demanda ao longo do tempo) a um investimento inicial e custos operacionais compatíveis com a economia gerada. Neste sentido, o presente trabalho tem como objetivo apresentar os resultados do monitoramento, em um ano, do consumo de água potável e pluvial de uma escola técnica da rede federal, localizada no município de Sapiranga/RS, após a implantação de melhorias no sistema existente (cisterna com 10 m3). Também é apresentada uma simulação comparativa (consumo e economia) para diferentes volumes de cisterna, considerando: (a) a situação antes da implantação das melhorias (metade da capacidade - 5 m3), e (b) um volume ideal obtido por diferentes metodologias (20 m3). Como resultado, verificou-se uma economia real em torno de um terço (32,06% em termos de consumo e 30,23% em termos financeiros) e uma eficiência real de 79,2%. Nas simulações obter-se-ia uma economia de consumo, respectivamente para 20 m3 e 5 m3, de 38,90% e 25,79%; uma economia financeira de 36,47% e 24,77%; e uma eficiência de 100% e 61,2%.

Biografia do Autor

Cesar Alberto Ruver, Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS

Professor Adjunto A
Dr. Engenharia Civil

Área: Geotecnia

Departamento de Engenharia Civil

Natan Gabriel Arnhorld, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense (IFSul)

Estudante do Curso Técnico em Eletromecânica

Gabriel Zardin, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense (IFSul)

Estudante do Curso Técnico em Eletromecânica

Downloads

Publicado

2020-09-30

Edição

Seção

Artigos