DIAGNÓSTICO DO VAZADOURO A CÉU ABERTO NO MUNICÍPIO DE JANUÁRIA – MG, POR MEIO DE DOIS MÉTODOS DE AVALIAÇÃO DE IMPACTO AMBIENTAL

Autores

  • José Ângeles Moreira de Oliveira
  • Patricia Conceição Medeiros IFNMG
  • Carlos Magno Moreira de Oliveira IFNMG

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v7e12018363-374

Palavras-chave:

Vazadouro. Matriz de Leopold. Check-list. Impactos Ambientais.

Resumo

A destinação final de resíduos sólidos de forma inadequada provoca graves impactos ambientais. Este trabalho teve como objetivo identificar os impactos ambientais causados pela disposição inadequada dos resíduos sólidos urbanos na cidade de Januária - MG. O presente trabalho foi dividido em duas etapas, no primeiro momento foi aplicado um check-list de forma a identificar os impactos ambientais causados pela disposição inadequada de resíduos sólidos bem como registros fotográficos e no segundo momento foi utilizado a matriz de Leopold. Os resultados da avaliação de impactos ambientais acusaram diversos impactos na área, entre eles alteração na capacidade de uso da terra, dano ao relevo, emissões de odores, contaminação do solo, redução da biodiversidade nativa, entre outros. Neste estudo, fica evidente que a degradação dos recursos naturais ocorridos no vazadouro do Município de Januária são provocadas pela disposição inadequada dos resíduos sólidos.

Biografia do Autor

José Ângeles Moreira de Oliveira

Engenheiro Agrícola e Ambiental.  E-mail: j.ngeles@yahoo.com

Patricia Conceição Medeiros, IFNMG

Professora de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais, IFNMG. E-mail: patricia.medeiros@ifnmg.edu.br

Carlos Magno Moreira de Oliveira, IFNMG

Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais, IFNMG. E-mail: cmagnoliveira@hotmail.com

                       

Downloads

Publicado

2018-02-19

Edição

Seção

Artigos