A LOGÍSTICA REVERSA COMO ESTRATÉGIA DE COMPETITIVIDADE

Autores

  • Brunno Henrique de Souza Santiago UFRN

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v5e2201620-28

Palavras-chave:

Logística, logística reversa, competitividade de mercado.

Resumo

O maior alvo das empresas tem sido, claramente, o econômico ou de agregação de valor monetário, entretanto a introdução da Logística Reversa vem sendo visto como um dos principais fatores para a competitividade e a preocupação ambiental. O objetivo do estudo foi analisar a possibilidade de que a logística reversa gere condições reais de competitividade entre as empresas. Realizou-se busca de literatura nas bases de dados: Lilacs, Scielo. Na maioria dos autores que embasaram este artigo, a competitividade apresenta-se em destaque, diante dos resultados, para a motivação das empresas adotarem e olhar com mais preocupação para a Logística Reversa. 

Biografia do Autor

Brunno Henrique de Souza Santiago, UFRN

Mestre em engenharia. Engenheiro dos Materiais com Especialização em Materiais Metálicos, Poliméricos e Cerâmicos) pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN

Downloads

Publicado

2016-11-16

Edição

Seção

Artigos