Memória e identidade: o que vem primeiro, Annette Laming Emperaire ou a Missão Franco Brasileira?

Autores

  • Tatiana de Lima Pedrosa Santos Universidade do Estado do Amazona

DOI:

https://doi.org/10.19177/memorare.v2e2201572-84

Palavras-chave:

Memória, Identidade, Annette Laming Emperaire, Missão Arqueológica Franco brasileira.

Resumo

Uma imagem não deve ser instrumento de mão-única, privilegiando um só discurso analítico, mas pode ser usada como instrumento na compreensão de vários discursos e esferas sociais. Essas imagens do “real” podem ser construídas a partir de uma memória comum. Os fatos históricos e acontecimentos são de certa maneira trabalhados em nossas memórias. A história que trago à tona pode ajudar a conhecer um pouco mais sobre a memória e a identidade que relegamos a pessoa de Annette Laming-Emperaire e seus trabalhos na Missão Franco Brasileira, bem como a importância de seu trabalho para a Arqueologia Brasileira. O que viria primeiro Mde. Emperaire ou a Missão Arqueológica Franco-Brasileira?

Biografia do Autor

Tatiana de Lima Pedrosa Santos, Universidade do Estado do Amazona

Professora do Curso de Arqueologia da Universidade do Estado do Amazonas. Arqueóloga Responsável pelo Laboratório de Arqueologia Alfredo Mendonça, SEC/AM.

Downloads

Publicado

30-07-2015

Edição

Seção

Artigos