A musealização do território como estratégia de gestão do patrimônio e administração da memória

Autores

  • Carlos Augusto de Oliveira Universidade de São Paulo, USP.

DOI:

https://doi.org/10.19177/memorare.v2e2201534-51

Palavras-chave:

Sociomuseologia, Museu de território, Memória.

Resumo

O território pode ser entendido enquanto um museu a partir das perspectivas abertas pelo movimento denominado Nova Museologia e seu desdobramento acadêmico chamado Sociomuseologia. Isso nos permite compreender o patrimônio de uma maneira mais ampla, a partir de uma compreensão que contemple a musealização do território enquanto estratégia de administração da memória e instrumento de desenvolvimento social. Essa proposta de musealização do território visa despertar nos indivíduos um conhecimento crítico e uma ação transformadora da sociedade.

Biografia do Autor

Carlos Augusto de Oliveira, Universidade de São Paulo, USP.

Museu de Arqueologia e Etnologia, MAE, da Universidade de São Paulo, USP.

Downloads

Publicado

30-07-2015

Edição

Seção

Artigos