Estratégia de produção e seu suporte à competição: o caso da empresa delícias do trigo no mercado de panificados

Autores

  • Wellington Tavares Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG (Doutorando) / Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP (Professor)
  • Cleber Carvalho de Castro Professor na Universidade Federal de Lavras (UFLA)

DOI:

https://doi.org/10.19177/reen.v6e1201326-53

Palavras-chave:

Estratégia de produção. Critérios ganhadores e qualificadores de pedido. Competitividade

Resumo

Atualmente, tem-se direcionado maior importância à área de produção, o que, em partes, se deve à maior convergência de opiniões sobre a importância da estratégia de produção e da competitividade. Nesse sentido, o presente artigo apresenta uma análise de como as estratégias de produção estão configuradas no setor de panificação. Com base nos estudos de Contador (1995) e Weelwright (1984), construiu-se um framework que foi utilizado para a análise das estratégias de produção no caso da empresa “Delícias do Trigo”, identificando-se os campos em que a empresa compete (preço, produto, prazo, assistência ou imagem) e como ela atua nas categorias estratégicas de decisão (capacidade, instalação, tecnologia de processos, relação com os elos da cadeia, recursos humanos, qualidade e sistemas de organização e controle). Para as análises, utilizou-se, também, dos critérios qualificadores e ganhadores de pedido (HILL, 1992). Na coleta de dados do estudo de caso qualitativo, foi utilizada a entrevista semiestruturada. Entre as principais conclusões do estudo, pode-se ressaltar que apesar da expansão no atendimento, a empresa tem perseguido maior expansão por meio de novas contas de clientes e de aumentos nas vendas dos clientes atuais, inserindo novos produtos e linhas diferentes das que apresenta atualmente. Além disso, a empresa tem atuado de forma coerente no campo da qualidade do produto, o que permitiu um grande avanço em termos de organização da produção e de amadurecimento da ideia de negócio projetada nos anos anteriores à mudança no foco de atuação da empresa.

Biografia do Autor

Wellington Tavares, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG (Doutorando) / Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP (Professor)

Professor Assistente na Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Doutorando em Administração pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Mestre em Administração pela Universidade Federal de Lavras (UFLA) e graduado em Administração pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ). Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Estudos Organizacionais. Alguns dos focos de pesquisa e atuação são: Empreendedorismo de Interesse Social, educação empreendedora, rede de relações e cooperativismo, tendo atuado em programas de incentivo à criação de negócios. Outro campo de atuação envolve o desenvolvimento regional e as relações interorganizacionais por meio de estudos sobre Arranjos Produtivos Locais (APLs), redes de empresas, cooperação e competição, e demais fatores relacionados às interações entre empresas, instituições de apoio e agentes públicos.

Cleber Carvalho de Castro, Professor na Universidade Federal de Lavras (UFLA)

Possui graduação em Administração pela Universidade Federal de Lavras (1995), mestrado em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1998) e doutorado em Agronegócios pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2006). Foi coordenador do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal de Lavras (PPGA/UFLA) no período de maio de 2008 a abril de 2010. Atualmente é professor Adjunto da Universidade Federal de Lavras, líder do Grupo de Estudos em Redes, Estratégia e Inovação (GEREI), cadastrado no diretório do CNPq, orientador do Mestrado e Doutorado, pesquisador da FAPEMIG e CAPES (Líder do Projeto Pró-Administração que envolve quatro instituições) e consultor ad hoc para Avaliação Institucional e de Cursos Superiores do Ministério da Educação. Tem experiência como professor, pesquisador, gestor educacional e consultor na área de Administração, atuando principalmente nos seguintes temas: Redes de organizações, Cluster, Arranjo Produtivo Local (APL), agronegócio e gestão da tecnologia e inovação.

Downloads

Publicado

2013-05-04

Edição

Seção

Artigos Científicos