GESTÃO DE PESSOAS: EXPERIÊNCIAS NO SETOR PÚBLICO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19177/reen.v12e3201997-129

Palavras-chave:

Gestão de pessoas, Setor público, Boas práticas de gestão.

Resumo

O objetivo deste estudo é verificar e analisar as tendências da gestão de pessoas no setor público, para o qual foram realizadas entrevistas em cinco organizações públicas sediadas em Porto Alegre. Utilizando-se a análise de conteúdo, sistematizou-se as ‘boas práticas’ encontradas em oito categorias: acompanhamento, avaliação de desempenho, capacitação, cargos e salários, desenvolvimento de lideranças, estrutura do Recursos Humanos, programas e planejamento de pessoal, sendo capacitação a categoria mais citada. A revisão de literatura e o estudo de caso demonstraram que as peculiaridades do setor público não impedem sua modernização em relação à gestão estratégica de pessoas.

Biografia do Autor

Martha Marques Rahn, Centro Universitário Ritter dos Reis

Administradora com MBA em Gestão de Pessoas (UniRitter). Professional & Self Coach (Instituto Brasileiro de Coaching). Analista de Recursos Humanos na Companhia Nacional de Abastecimento - CONAB.

Lilian Weber, Karriere - Assessoria em Desenvolvimento de Carreiras

Psicóloga, Doutora e Mestre em administração com ênfase em Gestão de Pessoas (UFRGS). Sócia da empresa Karriere - Assessoria em Desenvolvimento de Carreiras.

Referências

ABRUCIO, F. Uma leitura da gestão de pessoas sob a perspectiva do mérito, desempenho e resultados. In: TEIXEIRA, H. J.; BASSOTTI, I. M.; SANTOS T. S. Mérito, desempenho e resultados: ensaios sobre gestão de pessoas para o setor público. 1. ed. São Paulo: FIA/USP, 2014. Cap. 1, p. 23-40.

ALMEIDA, G.; SILVA, N. A.; GASPAR, S. R. Um olhar sobre os órgãos de recursos humanos do governo do estado de São Paulo. In: TEIXEIRA, H. J.; BASSOTTI, I. M.; SANTOS T. S. Mérito, desempenho e resultados: ensaios sobre gestão de pessoas para o setor público. 1. ed. São Paulo: FIA/USP, 2014. Cap. 3, p. 73-98.

ARAUJO, H. M. C. C. Impacto do I Ciclo de Capacitação em Gestão Participativa do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. Cadernos ENAP, Brasília, v. 37, n. 3, p. 59-89, 2014.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BRASIL. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Secretaria de Gestão. Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização - GesPública; Instrumento para Avaliação da Gestão Pública - 250 e 500 Pontos; Brasília; MP, SEGES 2009 Versão 1/2009.

BRASIL. Decreto n. 5.707, de 23 de fev. de 2006. Institui a Política e as Diretrizes para o Desenvolvimento de Pessoal da administração pública federal direta, autárquica e fundacional, e regulamenta dispositivos da Lei no 8.112, de 11 de dezembro de 1990. Disponível em < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2006/Decreto/D5707.htm>. Acesso em: 10 nov. 2016.

CAMARGO, E. J. B. et al. Gestão de Pessoas na Administração Pública Federal: Análise dos Modelos Adotados no Período 1995 a 2010. Revista interdisciplinar de gestão social, Bahia, v. 5, n. 1, p. 63-87, jan./abr. 2016.

CAMÕES, M. R. S.; FONSECA, D. R.; PORTO, V. Estudos em Gestão de Pessoas no Serviço Público. Cadernos ENAP, Brasília, v. 37, Apresentação, p. 6-11, 2014.

CARVALHO, H. C. Serviço Público: o cemitério da motivação? In: TEIXEIRA, H. J.; BASSOTTI, I. M.; SANTOS T. S. Mérito, desempenho e resultados: ensaios sobre gestão de pessoas para o setor público. 1. ed. São Paulo: FIA/USP, 2014. Cap. 5, p. 129-152.

CRUZ, M. C. M. T. A prática e os embates das avaliações de desempenho em municípios paulistas. In: TEIXEIRA, H. J.; BASSOTTI, I. M.; SANTOS T. S. Mérito, desempenho e resultados: ensaios sobre gestão de pessoas para o setor público. 1. ed. São Paulo: FIA/USP, 2014. Cap. 8, p. 235-256.

Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa. Porto: Porto Editora, 2003-2017. Disponível em: <https://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/boas-práticas> Acesso em: 27 de novembro de 2016.

DONIDA, K. R.; OLIVEIRA; P. W. S. Educação Corporativa e Ensino a Distância: um Estudo no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte – TRE/RN. Revista da FAE, Curitiba, v.15, n.1, p. 184-199, jan/jun 2012.

ENAP – Escola Nacional de Administração Pública. Concurso Inovação no Setor Público. Disponível em: <https://inovacao.enap.gov.br>. Acesso em: 27 de novembro de 2016.

ESGC – Escola Superior de Gestão e Controle Francisco Juruena. Integra RH: programa de preparação do ingressante. Top Ser Humano ABRH. Porto Alegre: 2016. Disponível em: <http://www.abrhrs.org.br/sites/default/files/artigos/integrarh_-_top_ser_humano_-_2016.pdf>. Acesso em: 10 nov. 2016.

FIORENSE, L.; MARTINEZ, M. Influência da cultura e clima organizacional na qualidade de vida no trabalho: revisão da literatura. Revista Destaques Acadêmicos, Lajeado, v. 8, n. 1, p. 100-113, 2016.

FOLLETTO, A. P. L.; BARTHS, C. C.; SCHAFER, C.; PRATES, C. S.; FERRARETTO, E. K.; PEREREIRA, G. M.; CRIPPA, L. H.; SCREMIN, Q. Distinção por tempo de serviço: valorização e reconhecimento aos funcionários do HCPA. Top Ser Humano ABRH. Porto Alegre: 2016. Disponível em: <http://www.abrhrs.org.br/sites/default/files/artigos/case_hospital_de_clinicas_de_porto_alegre.pdf >. Acesso em: 10 nov. 2016.

GARCIA, L. B. B. Competências Transversais e Percepção de Suporte à Aprendizagem na SBQ/ANP – Agência Nacional do Petróleo. Cadernos ENAP, Brasília, v. 37, n. 2, p. 39-58, 2014.

MATOSO, J. O.; CORAIOLA, D. M.; ROGLIO, K. D. D. Gestão de recursos humanos na administração pública: um estudo de caso no Governo Estadual de Mato Grosso. Revista Gestão & Regionalidade, São Caetano do Sul, vol. 32, n. 95, p. 34-51, maio-ago 2016.

MOTA, M. F.; CORDEIRO, J. P. Práticas de Gestão de Recursos Humanos: estudo de caso no setor segurador. European Journal of Applied Business Management, Setúbal, vol. 1, n. 1, p. 93-114, 2015.

NOMAN, O. Sistema de Gestão de Pessoas. Produto 3. Relatório Final – apoio à preparação de um Programa Nacional de Fortalecimento do Planejamento e Gestão Pública nos Estados Brasileiros. Brasília: ATN/FG-12612-BR, 2012.

ORSI, A.; SILVA, C. M. Gestão do Desempenho no setor público: dificuldades e alternativas de solução. In: TEIXEIRA, H. J.; BASSOTTI, I. M.; SANTOS T. S. Mérito, desempenho e resultados: ensaios sobre gestão de pessoas para o setor público. 1. ed. São Paulo: FIA/USP, 2014. Cap. 7, p. 193-234.

PARANAÍBA, N. F. Satisfação no trabalho e intenção de rotatividade de servidores das carreiras de uma autarquia federal. Cadernos ENAP, Brasília, v. 37, n. 5, p. 117-142, 2014.

PEDROSO, M. N. M. et al. Modelo de excelência em gestão: percepção dos gestores de organizações públicas do estado do Ceará. Revista Gestão Pública Práticas e Desafios, Pernambuco, v. 5, n. 1, p. 107-126, abril 2014.

PINTO, M. C. F.; SILVA, F. M. Gestão de Pessoas na Administração Pública Brasileira: uma análise sobre sua evolução histórica e o atual contexto em transformação. Revista Eletrônica do TCE-RS, Porto Alegre, v. 1, n. 2, p.1-16, julho 2015.

ROCHA, A. F. S. Gestão do conhecimento: processo de implantação do Programa Mentor Petrobras na UO-SEAL. 2014. 111 p. Dissertação. Mestrado em Administração. Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2014.

ROESCH, S. M. A. Projetos de estágio e de pesquisa em administração: guia prático para estágios, trabalhos de conclusão, dissertações e estudos de caso. 3 Ed. São Paulo: Atlas, 2007.

SILVA, C. M.; PERRET, N.; PARDINI, A. Implantação de sistema de gestão de pessoas por competências com foco em desenvolvimento profissional no Ministério Público de Santa Catarina. In: Congresso CONSAD de Gestão Pública, VIII, 26, 27 e 28 de maio de 2015, Centro de Convenções Ulysses Guimarães. Brasília: 2015. P. 1-34.

SILVA, F.M.; MELLO, S.P.T. A noção de competência na gestão de pessoas: reflexões acerca do setor público. Revista do Serviço Público, Brasília, v.62, n.2, p. 167-183, abr.-jun. 2011.

SILVA, M. C. S. Pressões culturais e comportamentais na gestão de pessoas no setor público. In: TEIXEIRA, H. J.; BASSOTTI, I. M.; SANTOS T. S. Mérito, desempenho e resultados: ensaios sobre gestão de pessoas para o setor público. 1. ed. São Paulo: FIA/USP, 2014. Cap. 6, p. 153-192.

SIQUEIRA, W. M.; NASCIMENTO, D. C. Gestão por competências: desafios encontrados por uma instituição pública de Petrolina durante o processo de implementação. Id on Line Revista Multidisciplinar e de Psicologia, Jaboatão dos Guararapes, v. 10, n. 31, p. 43-62, outubro 2016.

SOUZA, Warton da Silva; SIQUEIRA, Mirlene Maria Matias; MARTINS, Maria do Carmo Fernandes. Análise da Interdependência do capital psicológico, percepções de suporte e bem-estar no trabalho. Revista Administração em Diálogo, Vol.17, n.2, Mai/Jun/Jul/Ago 2015, p.151-184.

TEIXEIRA, H. J.; SALOMÃO, S. M.; NASCIMENTO, F. O mesmismo e outros ismos na gestão de pessoas no setor público. In: TEIXEIRA, H. J.; BASSOTTI, I. M.; SANTOS T. S. Mérito, desempenho e resultados: ensaios sobre gestão de pessoas para o setor público. 1. ed. São Paulo: FIA/USP, 2014. Cap. 2, p. 41-71.

TERABE, C. P. A. R.; BERGUE, S. T. Gestão Estratégica de Pessoas como Política Pública: Estudo de Caso no Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (P12 A X). Cadernos ENAP, Brasília, v. 37, n. 1, p. 11-37, 2014.

TRAVI, B.; SPEROTTO, E. A. F.; BICA, F. R.; VIEIRA, H. S.; KAISER, M.; BELLONI, M. I. B.; GOMES, R. O. Programa de Instrutoria Interna do Banrisul. Top Ser Humano ABRH. Porto Alegre: 2016. Disponível em: <http://www.abrhrs.org.br/sites/default/files/artigos/case_programa_de_instrutoria_interna_banrisul_abrh_2016.pdf >. Acesso em: 10 de novembro de 2016.

VIEIRA, C. B. et al. Motivação na Administração Pública: considerações teóricas sobre a aplicabilidade dos pressupostos das teorias motivacionais na esfera pública. Revista ADMpg Gestão Estratégica, Ponta Grossa, v. 4, n. 1, p. 1-18, 2011.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 2. Ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.

Downloads

Publicado

2020-04-29

Edição

Seção

Artigos Científicos