Os animais performáticos de Beuys, Sherk, Berwick e Dion

Autores

  • Ana Carolina Cernicchiaro

DOI:

https://doi.org/10.19177/rcc.v9e1201487-96

Palavras-chave:

Arte e animalidade, Joseph Beuys, Bonnie Sherk, Mark Dion, Rachel Berwick

Resumo

Nas performances animais de Joseph Beuys, Bonnie Sherk, Rachel Berwick e Mark Dion, o ponto de vista irredutível da alteridade inumana funda novos modos estéticos e éticos que colocam em questão as dicotomias ocidentais entre sujeito da arte e objeto de arte, mas também entre natureza e cultura, humano e inumano, mesmidade e alteridade.

Biografia do Autor

Ana Carolina Cernicchiaro

Doutora em Literatura pela Universidade Federal de Santa Catarina.  Atualmente, realiza estágio pós-doutoral na Universidade do Sul de Santa Catarina.

Downloads

Publicado

2014-08-12

Edição

Seção

Artigos