O Sagrado Feminino, a Jornada da Heroína e as diversas mitologias presentes na obra fílmica El Laberinto del Fauno

Autores

  • Yls Rabelo Câmara IFCE

DOI:

https://doi.org/10.19177/memorare.v8e2202184-110

Palavras-chave:

Jornada da Heroína, Sagrado Feminino, Mitologia, Realismo Fantástico, Simbologia.

Resumo

El labirinto del fauno condensa elementos que representam símbolos mitológicos diversos, o Sagrado Feminino e a trajetória da heroína na forma de viagem iniciática da personagem Princesa Moana/Ofelia, a protagonista. Por ser uma obra despretensiosa, mas que alcançou êxito imediato, chamou-nos a atenção o quão bem essas características se mesclam de maneira uniforme na obra fílmica e lhe emprestam uma aura de credibilidade que nos inspirou a estudar essa triangulação. Para tanto, contamos, neste artigo – um levantamento bibliográfico fruto de uma pesquisa de abordagem qualitativa, de natureza básica e de objetivo exploratório – com o aporte teórico de estudiosos como Becker (1999), De Biasi (2011) e Santos (2014) – apenas para citar alguns. Concluímos que o filme em questão não é, como seu título pode nos levar a supor a princípio, um conto de fadas infantil, mas uma obra fílmica para adultos, cujo cerne, profundamente bem-elaborado, orbita em torno do Realismo Fantástico, das mitologias diversas, do Sagrado Feminino e dos símbolos que envolvem a personagem principal em sua viagem iniciática rumo à Jornada da Heroína

Downloads

Publicado

30-11-2021