Cultura, turismo e imaginário: os símbolos da culinária talian como atrativo turístico

Autores

  • Kênia Zanella IFC

DOI:

https://doi.org/10.19177/memorare.v8e2202171-83

Palavras-chave:

Turismo Cultural, Imaginário, Talian.

Resumo

Esta pesquisa tem como objetivo refletir sobre a relação entre cultura, turismo cultural, imaginário e turismo gastronômico, destacando pratos típicos da cultura talian, em específico a polenta e a fortaia como atrativos turísticos e sua contribuição para a valorização da identidade cultural e desenvolvimento turístico de determinada região. Trata-se de um estudo exploratório, tendo como procedimento técnico a pesquisa teórica em artigos nacionais e internacionais e documentos primários da FEIBEMO (Federação de Entidades e Mestres Talian do Meio Oeste e Planalto Catarinense). Como resultado, destaca-se que a utilização de pratos típicos em restaurantes ou casas familiares que recebem visitantes, torna-se uma mola propulsora para o desenvolvimento ou fortalecimento do turismo, contribuindo, em contrapartida, para manutenção, proteção e disseminação das raízes culturais dos imigrantes italianos e seus descendentes, envolvendo seus mais diversos símbolos, como a ideia de sobrevivência, superação, prazer, intimidade, união e fé, relacionado ao mito da mesa farta.

Downloads

Publicado

30-11-2021