O cinema e a moral: nostalgias em dilema na autobiografia de David Cardoso

Autores

  • Roberto Abib PPGCOM/UFRJ

DOI:

https://doi.org/10.19177/memorare.v8e220214-21

Palavras-chave:

Nostalgias, Biografia, Política

Resumo

Neste trabalho procuro discutir as sensações nostálgicas como práticas que envolvem as produções midiáticas, como uma emoção intensificada e amenizada nas subjetividades contemporâneas em relações com a mídia. Parte-se do pressuposto que o fascínio pelas autobiografias, biografias e memórias são manifestações de impulsos nostálgicos, e por isso, a análise empírica tem com objeto a autobiografia, as entrevistas destacadas no livro autobiográfico e entrevistas recentes concedidas pelo produtor, ator e cineasta David Cardoso. O caminho metodológico para este estudo compreende a nostalgia enquanto conceito e emoção numa perspectiva histórica e a narrativa biográfica é tomada por um ponto de vista comunicacional. A partir dos dilemas das nostalgias de uma biografia é possível pensar sobre as memórias do passado como política do presente.

Downloads

Publicado

30-11-2021