Relações entre aquisição da percepção auditiva e aprendizagem da ortografia: consoantes soantes em questão

Autores

  • Lourenço Chacon Universidade Estadual Paulista
  • Suellen Vaz Universidade Estadual Paulista

Palavras-chave:

Aquisição da escrita, Percepção auditiva, Ortografia

Resumo

Foram comparadas relações entre a aquisição da percepção auditiva e a aprendizagem da ortografia de consoantes soantes em crianças das duas primeiras séries do ensino fundamental. A comparação foi baseada num procedimento de identificação e de escrita de um mesmo conjunto de palavras que apresentavam contrastes fonológicos entre si. Quanto aos resultados, verificou-se: (1) gradiência na aquisição de subclasses no interior de uma grande classe; (2) correspondências e não correspondências entre os dois tipos de tarefa; (3) mais ajustes na ortografia e mais desajustes na percepção auditiva com o aumento da escolarização. Esse conjunto de resultados aponta, portanto, para a complexidade das relações entre a aquisição da percepção auditiva e a aquisição da ortografia, já que, uma vez em contato, seu percurso conjunto ao mesmo tempo promove enlaces e desenlaces entre elas.

Biografia do Autor

Lourenço Chacon, Universidade Estadual Paulista

Professor da UNESP, campi de Marília e de São José do Rio Preto. Bolsista Pq/CNPq. Doutor em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP.

Suellen Vaz, Universidade Estadual Paulista

Mestranda do Programa de Pós-graduação em Fonoaudiologia (UNIESP), campus de Marília. Bolsista CAPES.

Downloads

Edição

Seção

Artigos de pesquisa