MARKETING AMBIENTAL COMO ESTRATÉGIA EMPRESARIAL: FATORES DETERMINANTES SEGUNDO PUBLICITÁRIOS BRASILEIROS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19177/reen.v12e12019230-263

Palavras-chave:

Marketing Ambiental, Estratégia, Vantagem Competitiva, Consumo sustentável

Resumo

Este trabalho tem como objetivo identificar e analisar os fatores determinantes de marketing ambiental para estratégias de empresas, na visão de publicitários brasileiros. Para tanto realizou-se uma pesquisa qualitativa com dez empresários do segmento da publicidade que atuam na cidade do Natal para confirmar variáveis identificadas na literatura, bem como definir novas variáveis, e outra pesquisa quantitativa que foi aplicada com 310 publicitários que atuam no Brasil. Os resultados revelaram que os fatores “incorporação de práticas ambientais” e “marketing verde coerente com a prática ambiental” são determinantes para que as empresas obtenham vantagem competitiva no mercado em que atuam.

Biografia do Autor

Alípio Ramos Veiga Neto, Universidade Potiguar (UNP)

Doutor em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas - PUC Campinas; Mestre em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas - PUC Campinas.  Coordenador do Programa de Doutorado em Administração, Professor no Mestrado em Psicologia Organizacional e Coordenador Geral de Mestrados e Doutorados da UnP. Criou e obteve aprovação em quatro projetos de mestrado nas áreas de psicologia, administração, meio ambiente e energia, assim como no Programa de Doutorado em Administração da Universidade Potiguar.

Francisco de Paula Costa, Universidade Potiguar (UNP)

Possui graduação em Comunicação Social Publicidade e Propaganda pela Universidade Potiguar (1998) e mestrado profissional em Administração de Empresas (2013), na área de concentração em Gestão Estratégica de Negócios. Atualmente é professor titular da Universidade Potiguar, além de desempenhar a função de Coordenador Acadêmico Administrativo da Escola de Comunicação e Artes

Arthur William Pereira da Silva

Professor de Administração no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, Campus Jaguaruana. Doutorando em Administração pela Universidade Potiguar (UNP); Mestre em Administração pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB); Mestre em Ambiente, Tecnologia e Sociedade pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA); Especialista em Gestão Empresarial pela Universidade Potiguar (UNP); Graduado em Administração pela Universidade Potiguar (UNP).

Walid Abbas El-Aouar, Universidade Potiguar (UNP)

Coordenador do mestrado acadêmico em administração da Universidade Potiguar - UNP; Doutor em Administração
pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte - URFN.

Bruna Lourena de Lima Dantas, Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA)

Doutoranda em Administração - UFPB; Mestra em Administração - UFPB; Graduada em Administração - UFERSA. Professora do curso de administração da UFERSA.

Referências

ABDULRAZAK, S.; QUOQUAB, F. Exploring Consumers' Motivations for Sustainable Consumption: A Self-Deterministic Approach. Journal of International Consumer Marketing, v. 30, n. 1, p. 14-28, 2018.

AKATU. Pesquisa Akatu 2018. Panorama do Consumo consciente no Brasil: desafios, barreiras e motivações. 2018. Disponível em: https://www.akatu.org.br/wp-content/uploads/2018/11/pdf_versao_final_apresenta%C3%A7%C3%A3o_pesquisa.pdf. Acesso em: 12 jan 2019

ANSOFF, H. I. A nova estratégia empresarial. São Paulo: Atlas, 1990.

BÖHME, T.; STANSZUS, L. S.; GEIGER, S. M.; FISCHER, D.; SCHRADER, U. Mindfulness Training at School: A Way to Engage Adolescents with Sustainable Consumption? Sustainability, v. 10, n. 10, p. 3557-3579, 2018.

CARRUS, G.; PIRCHIO, S.; MASTANDREA, S. Social-Cultural Processes and Urban Affordances for Healthy and Sustainable Food Consumption. Frontiers in Psychology, v. 9, p. 2407-2416, 2018.

CHANG, H. J.; WATCHRAVESRINGKAN, K. Who are sustainably minded apparel shoppers? An investigation to the influencing factors of sustainable apparel consumption. International Journal of Retail & Distribution Management, v. 46, n. 2, p. 148-162, 2018.

CHO, Y. N.; SOSTER, R. L.; BURTON, S. Enhancing Environmentally Conscious Consumption through Standardized Sustainability Information. Journal of Consumer Affairs, v. 52, n. 2, p. 393-414, 2018.

COELHO, A. L. A. L.; ARAÚJO, L. A. S.; SILVA, A. W. P. S.; SANTOS, H. C. C.; COELHO, C. Educação para sustentabilidade e gestão pública em uma escola estadual na cidade de João Pessoa-PB. Revista Interdisciplinar Científica Aplicada, v. 12, n. 4, p. 23-38, 2018. ISSN 1980-7031

COLARES, A. C. V.; MATTAR, P. Produtos verdes: Análise das características potencialmente influenciadoras dos consumidores sustentáveis. REUNIR, v. 6, n. 1, p. 37-55, 2016.

CORRAR, L.; PAULO, E.; DIAS FILHO, J. M. Análise multivariada: para os cursos de administração, ciências contábeis e economia. São Paulo: Atlas, 2009.

DAHLSTROM, R. Gerenciamento de Marketing Verde. São Paulo: Cengag Learning, 2011.

DIAS, R. Marketing ambiental. São Paulo: Atlas, 2007.

DONG, X.; LI, H.; LIU, S.; CAI, C.; FAN, X. How does material possession love influence sustainable consumption behavior towards the durable products? Journal of Cleaner Production, v. 198, p. 389-400, 2018.

ESPEJO, I. G.; VÁZQUEZ, A. N. The Emergence of the “Conscious Consumer”: An Analysis of Political Participation through Purchasing Decisions. Rev. Esp. Investig. Sociol., n. 158, p. 59-78, 2017.

FIGUEROA-GARCÍA, E. C.; GARCÍA-MACHADO, J. J.; YÁBAR, D. Modeling the Social Factors That Determine Sustainable Consumption Behavior in the Community of Madrid. Sustainability, v. 10, n. 8, p. 2811-2827, 2018.

FOSTER, G.; KASZNIK, R. Brand values and capital market valuation. Rewiew of Accounting Studies, v. 3, n. 1-2, p. 41-68, 1998.

GALT, R. E.; KATHARINE, B.; LIBBY, O. C.; MUNDEN-DIXON, K. The (un)making of "CSA people": Member retention and the customization paradox in Community Supported Agriculture (CSA) in California. Journal of Rural Studies, v. 65, p. 172-185, 2019.

GEORGE, A.; SAHADEVAN, J. A Conceptual Framework of Antecedents of Service Loyalty in Health Care: Patients' Perspective. Iim Kozhikode Society & Management Review, v. 8, n. 1, p. 50-59, 2019.

GHEMAWAT, P. A estratégia e o cenário dos negócios: textos e casos. Porto Alegre: Bookman, 2000.

GONÇALVES-DIAS, S. L. F.; TEODÓSIO, A. S. S.; CARVALHO, S.; SILVA, H. M. R. Consciência ambiental: um estudo exploratório sobre suas implicações para o estudo de Administração. RAE-eletrônica, v. 8, n. 1, 2009.

GUIMARÃES, A. F. Marketing verde e a propaganda ecológica: uma análise da estrutura da comunicação em anúncios impressos. 2006. Tese (Doutorado em Administração) - Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo.

HAIR JÚNIOR, J. F.; ANDERSON, R. E.; TATHAN, R. L.; BLACK, W. C. Análise Multivariada de dados. 5a. ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.

HOEFFLER, S.; KELLER, K. L. Building Brand Equity Through Corporate Societal Marketing. Journal of Public Policy & Marketing, v. 21, n. 1, p. 78-89, 2002.

JOSHI, Y.; RAHMAN, Z. Investigating the determinants of consumers’ sustainable purchase behaviour. Sustainable Production and Consumption, v. 10, p. 110–120, 2017.

KIM, Y. K.; SULLIVAN, P. Emotional branding speaks to consumers' heart: the case of fashion brands. Fashion and Textiles, v. 6, n. 2, 2019.

KELLER, K. L. Strategic Brand Management. EUA: Prentice Hall, 1998.

LAROCHE, M.; BERGERON, J; BARBARO-FORLEO, G. Targeting consumers who are willing to pay more for environmentally friendly products. The Journal of Consumer Marketing, v. 18, n. 6, p. 503-520, 2001.

LA VENTURE, K.; NORRGARD, C. With the old, out with the new:green marketing and the used merchandise sector. The Journal of Applied Business Research, v. 32, n.3, 2016.

LIEN, C.-H.; CAO, Y.; ZHOU, X. Service quality, satisfaction, stickiness, and usage intentions: An exploratory evaluation in the context of WeChat services. Computers in Human Behavior, v. 68, p. 403-410, 2017.

MALHOTRA, N. K. Pesquisa de marketing: uma orientação aplicada. São Paulo: Pearson Education, 2005.

MARTINEZ, M. F. Variáveis explicativas da favorabilidade ambiental do consumidor: uma investigação da cidade de São Carlos. 2010. Tese (Doutorado em Administração de empresas) – Fundação Getúlio Vargas – FGV, São Paulo.

MENDES, T. O capital natural do planeta corre perigo. Revista Brasileira de Administração, v. 18, n. 67, p. 8-12, 2008.

MINTON, E. A.; KAHLE, L. R. Religion and consumer behaviour. In: JANSSON‐BOYD, C. V.; ZAWISZA, M. J. (Eds.). International handbook of consumer psychology. New York-EUA: Routledge, 2016. p. 292-311

MINTON, E. A.; XIE, H. J.; GUREL‐ATAY, E.; KAHLE, L. R. Greening up because of god: The relations among religion, sustainable consumption and subjective well-being. International Journal of Consumer Studies, v. 42, n. 6, p. 655-663, 2018.

MOHR, L.; WEBB, D.; HARRIS, K. Do consumers expect companies to be socially responsible? The impact of corporat social responsibility on buying behavior. Journal of Consumer Affair, v. 35, n. 1, p. 121- 47, 2001.

NETO, A. R. V.et al. Marketing verde aplicado à estratégia como prática: análise de variáveis na visão de empreendedores. RAUnP v. 6, n. 2, p. 23-37, 2014.

NI, Y.; HUANG, P.; CHIANG, P.; LIAO, Y. Cash flow statements and firm value: Evidence from Taiwan. The Quarterly Review of Economics and Finance, v. 71, p. 280-290, 2019.

OLIVEIRA, J. A. P.; WAISSMAN, V. Integrando ação e comunicação para uma estratégia de marketing ambiental: o caso Aracruz celulose. Revista Eletrônica de Administração, v. 8, n. 6, 2002.

OLIVEIRA LOPES, W. M.; DE SOUZA FREITAS, W. R. ENVIRONMENTAL MARKETING: AN ANALYSIS OF NATIONAL SCIENTIFIC PRODUCTION. Revista Brasileira de Marketing, v. 15, n. 3, p. 355-372, 2016

OTTMAN, J. Marketing verde: desafios e oportunidades para a nova era do marketing. São Paulo: Makron Books, 1994.

PAUL, J.; MODI, A.; PATEL, J. Predicting green product consumption using theory of planned behavior and reasoned action. Journal of retailing and consumer services, v. 29, p. 123-134, 2016.

PEANO, C.; BAUDINO, C.; TECCO, N.; GIRGENTI, V. Green marketing tools for fruit growers associated groups: application of the Life Cycle Assessment (LCA) for strawberries and berry fruits ecobranding in northern Italy. Journal of Cleaner Production, v. 104, n. 1, p.59-67, 2015.

PEATTIE, K. Environmental Marketing Management. London: Pitman Publishing, 1995.

POLICYINTERACTIVE. New American dream poll 2014. 2014. Disponível em: https://www.policyinteractive.org/new-american-dream-poll-2014/. Acesso em: 12 mar. 2019.

POLONSKY, M. J.; MINTU-WIMSATT, A. T. Environmental Marketing: Strategies, Practice, Theory, and Research. New York: The Haworth Press, 1995.

PORTER, M. Vantagem Competitiva. Rio de Janeiro: Campus, 1990.

______. Estratégia Competitiva. Rio de Janeiro: Campus, 1996.

PRINGLE, H.; THOMPSON, M. Marketing social: marketing para causas sociais e a construção de marcas. São Paulo: Makron Brooks, 2000.

RAZZAQ, Z.; RAZZAQ, A.; YOUSAF, S.; HONG, Z. The Impact of Utilitarian and Hedonistic Shopping Values on Sustainable Fashion Consumption: The Moderating Role of Religiosity. Global Business Review, v. 19, n. 5, p. 1224-1239, 2018.

RICHEY, JR.; C. G.; MUSGROVE, C. F.; GILLISON, S. T.; GABLER, C. B. The effects of environmental focus and program timing on green marketing performance and the moderating role of resource commitment. Industrial Marketing Management, v. 43, n. 7, p. 1246-1257, 2014.

ROCHA, A. L. P.; MARQUES, D. L. S. Marketing verde para quem? In: ENCONTRO NACIONAL DA ANPAD, 28., 2004, Curitiba. Anais... Curitiba: ANPAD, 2004.

ROMEIRO, M. C. Um estudo sobre o comportamento do consumidor ambientalmente favorável: uma verificação da região do ABC Paulista. 2006. Tese (Doutorado em Administração) - Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo.

SAIZ, F. Marketing social corporativo: la acción social de La empresa. Madri: Pirámide, 2005.

SELZNICK, P. A liderança na administração: uma interpretação sociológica. Rio de Janeiro: FGV, 1971.

SEMPREBON, E.; MANTOVANI, D.; DEMCZUK, R.; MAIOR, C. S.; VILASANTI, V. Green consumption: a network analysis in marketing. Marketing Intelligence & Planning, v. 37, n. 1, p. 18-32, 2019.

SILVA, A. W. P.; OLIVEIRA, B. N. F.; SIQUEIRA, E. S.; COELHO, A. L. A. L.; SANTOS, H. C. C. Análise das políticas de sustentabilidade e responsabilidade social como diferencial competitivo para as empresas. O eco da graduação, v. 3, n. 1, p. 91-106, 2018.

SILVA, B. G.; SANTOS, H. C. C.; SILVA, A. W. P.; COELHO, A. L. A. L.; OLIVEIRA, B. N. F.; PELLIZZONI, L. N.; MOURA NETO, J. S.; SABINO, F. H. P. S. Análise do Discurso de Sustentabilidade da Empresa Samarco a partir de Materiais Visuais. Facear, v.1, n. 7, 2018.

SILVA, V. H. M.; SILVEIRA-MARTINS, E.; OTTO, I. M. Mensuração da consciência ambiental dos consumidores: proposta e validação de escala. Revista de Administração da UFSM, v. 10, p. 63-78, 2017.

SILVA, A. W. P.; SIQUEIRA, E. S. A internalização dos princípios da norma ISO 26000: o caso da Petrobras. Holos, v. 1, Ano 31, p. 227-243, 2015.

SOMERVILLE, M.; WILLIAMS, C. Sustainability education in early childhood: An updated review of research in the field. Contemporary Issues in Early Childhood, v. 16, n. 2, p. 102-117, 2015.

STRAUGHAN, R.; ROBERTS, J. Environmental segmentation alternatives: a look at Green consumer behavior in the new millennium. Journal of Consumer Marketing, v. 16, n. 6, p. 558-575, 1999.

SUN, Y. H.; LIU, N. N.; ZHAO, M. Z. Factors and mechanisms affecting green consumption in China: A multilevel analysis. Journal of Cleaner Production, v. 209, p. 481-493, 2019.

VERREYNNE, M. L.; WILLIAMS, A. M.; RITCHIE, B. W.; GRONUM, S.; BETTS, K. S. Innovation diversity and uncertainty in small and medium sized tourism firms. Tourism Management, v. 72, p. 257–269, 2019.

WANG, C.; GHADIMI, P.; LIM, M. K.; TSENG, M. L. A literature review of sustainable consumption and production: A comparative analysis in developed and developing economies. Journal of Cleaner Production, v. 206, p. 741-754, 2019.

WHITTINGTON, R. Completing the practice turn in strategy research. Organizations Studies, v. 27, n. 5, p. 613-634, 2006.

WORCESTER, R. Corporate image research. In: WORCESTER, R. M.; DOWNHAM, J. Consumer Market Research Handbook. Amsterdan: Esomar, 1986. p. 601-616.

ZAREIE, B.; NAVIMIPOUR, N. J. The impact of electronic environmental knowledge on the environmental behaviors of people. Computers in Human Behavior, v. 59, p. 1-8, 2016.

ZENONE, L. C. Marketing social. São Paulo: Thompsom Learning, 2006.

Downloads

Publicado

2020-02-22

Edição

Seção

Artigos Científicos