A PARTICIPAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL NAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE HABITAÇÃO: UMA ANÁLISE SOBRE O CONSELHO MUNICIPAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL DE FLORIANÓPOLIS

Autores

  • Eduardo Dias Poletto Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC http://orcid.org/0000-0002-4676-7827
  • Luciana Francisco de Abreu Ronconi Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

DOI:

https://doi.org/10.19177/reen.v11e02018122-144

Palavras-chave:

Conselho Municipal de Habitação, Participação, Sociedade civil, Políticas públicas.

Resumo

O presente artigo objetiva verificar a participação da sociedade civil nos processos de formulação de políticas públicas de habitação, tendo como lócus o Conselho Municipal de Habitação de Interesse Social (CMHIS) do município de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. Essa pesquisa qualitativa se caracteriza como estudo de caso e contou com análise documental, observação não participante nas reuniões do CMHIS e entrevistas realizadas junto aos conselheiros. O estudo constatou que existe pouca incidência do Conselho em termos de propostas de soluções concretas aos problemas habitacionais existentes na cidade embora se constitua como um espaço de diálogo, participação democrática e aprendizado coletivo.

Biografia do Autor

Eduardo Dias Poletto, Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

Bacharel em Administração Pública pela Universidade do Estado de Santa Catarina, com interesse nas áreas de Políticas Públicas para Habitação de Interesse Social. Graduando em Direito pela Universidade do Sul de Santa Catarina, com interesse nas áreas de Direito Administrativo e Direito Constitucional.

Luciana Francisco de Abreu Ronconi, Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

Mestrado em Serviço Social pela Universidade Federal de Santa Catarina, Doutorado em Sociologia Política pela Universidade Federal de Santa Catarina e Pós-doutorado na Universidade Técnica de Lisboa, no âmbito do Centro de Investigação em Sociologia Econômica e das Organizações do Instituto Superior de Economia e Gestão. Professora do Curso de Administração Pública do Centro de Ciência da Administração e Socioeconômicas (ESAG) da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). É membro do Núcleo de Pesquisa e Extensão em Inovações Sociais na Esfera Pública - NISP e do Grupo de Pesquisa Politeia - Coprodução do Bem Público: Accountability e Gestão.

Referências

ABREU, N. B.; SCHOMMER, P. C. Controle Social, um Árduo e Significativo Processo de Aprendizagem: a Experiência do Centro Cultural Escrava Anastácia. Nau Social, Salvador, v. 7, n. 12, p.37-53, Maio/Novembro 2016. Disponível em <http://www.periodicos.adm.ufba.br/index.php/rs/article/view/541>. Acesso em: 5 jul. 2017.

ANDION, C.; SERVA, M. Por uma visão positiva da sociedade civil: uma análise histórica da sociedade civil organizada no Brasil. Rev. Venezolana de Economia Social. Venezuela, Año 4, v. 7, p. 7-24, Dezembro, 2004.

BOBBIO, N. Estado, governo, sociedade; para uma teoria geral da política/ Norberto Bobbio; tradução Marco Aurélio Nogueira. 12. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF, DF: Senado; 1988.

BRASIL. Constituição (1988). Ministério das Cidades. Secretaria Nacional de Habitação. Plano Nacional de Habitação. Brasília: MCidades, 2009.

BRASIL. Constituição (1988). Ministério das Cidades. Política Nacional de Habitação. Cadernos M. Cidades nº 4, Brasília, 2005.

COSTA, S. Democracia cosmopolita: déficits conceituais e equívocos políticos. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, v. 18, p.19-32, out. 2003. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbcsoc/v18n53/18076>. Acesso em: 06 nov. 2016.

FLORIANÓPOLIS (Município). Lei nº 8210, de 24 de março de 2010. CRIA O CONSELHO MUNICIPAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL (CMHIS) E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Diário Oficial do Município. Projeto de Lei nº 13787/2009. Florianópolis, SC, 31 mar. 2010. n. 205. Disponível em: <http://www.pmf.sc.gov.br/arquivos/arquivos/pdf/14_03_2014_15.34.26.8a4c2225b31d1f88baf06eafc1443cb0.pdf>. Acesso em: 3 dez. 2016.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

GIL, A. C. Métodos e Técnicas da Pesquisa Social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

LIMA, A. N. V. O desafio da participação popular na construção e implementação da Política Estadual de Habitação de Interesse Social do estado da Bahia. Revista de Administração Pública, v. 48, n. 6, p.1431-1450, dez. 2014. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/0034-76121600. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-76122014000600004&lng=pt&tlng=pt>. Acesso em: 17 jun. 2017.

MARICATO, E. Brasil, cidades: alternativas para a crise urbana. 3.ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

MASCARO, Alysson Leandro. Estado e forma política. São Paulo: Boitempo, 2013.

MOREIRA, T. A.; RIBEIRO, J. A. Z. M. T. A questão fundiária brasileira no desenho das políticas nacionais de habitação: considerações a partir do início do século XXI. Cadernos Metrópole, São Paulo, v. 18, n. 35, p.15-32, jun. 2016. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/2236-9996.2016-3501. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2236-99962016000100015&lng=pt&tlng=pt>. Acesso em: 05 jul. 2017.

PEREZ, M. A. A administração pública democrática: institutos de participação popular na administração pública. Belo Horizonte: Fórum, 2004.

ROLNIK, R. Guerra dos Lugares: A colonização da terra e da moradia na era das finanças. 1ª. ed. São Paulo: Boitempo, 2015.

SANTA CATARINA, (Estado). Leis, decretos, etc. Constituição Estadual de Santa Catarina. Florianópolis, 1989.

SANTA CATARINA, (Estado). Plano Catarinense de Habitação Social, Relatório 1, de abril de 2010. Proposta Metodológica. Campinas, SP, abr. 2010. Disponível em: <http://intranet.cohab.sc.gov.br/cohab/plano_pchis/plano habitacional/Catarinense/Metodologica.pdf>. Acesso em: 5 dez. 2016.

SANTA CATARINA, (Estado). Plano Catarinense de Habitação de Interesse Social, Produto 2.3, de abril de 2011. Relatório contendo os diagnósticos regionais e estadual, compreendendo a análise dos dados levantados e os demais itens exigidos. Diagnóstico Estadual. Campinas, SP, abr. 2011. Disponível em: <http://intranet.cohab.sc.gov.br/cohab/plano_pchis/plano habitacional/Catarinense/Diagnostico Estadual.pdf>. Acesso em: 5 dez. 2016.

SECCHI, L. Políticas públicas: conceitos, esquemas de análise, casos práticos. 2.ed. São Paulo: Cengage Learning, 2013.

TEIXEIRA, E. C. O local e o global: limites da participação cidadã. 3.ed. São Paulo: Cortez: Recife : EQUIP : Salvador : UFBA, 2002.

TRIVIÑOS, A. N. S. Introdução à Pesquisa em Ciências Sociais: A pesquisa qualitativa em educação: O Positivismo, A Fenomenologia, O Marxismo. São Paulo: Atlas, 1987. 87 p.

Downloads

Publicado

2018-07-08

Edição

Seção

Artigos Científicos