A IMPORTÂNCIA DA COMUNICAÇÃO NA TRANSFERENCIA DO CONHECIMENTO E NA CRIAÇÃO DE UMA VISÃO COMPARTILHADA – UM ESTUDO DE CASO

Autores

  • Maria Terezinha Angeloni Instituto de Estudos e Gestão Energética
  • Rafael Zimmermann Homma Celesc Distribuição
  • Luiz Afonso Pereira Athayde Filho Celesc Distribuição
  • Aldo Cosentino Instituto de Estudos e Gestão Energética

DOI:

https://doi.org/10.19177/reen.v9e32016182-198

Palavras-chave:

Gestão do Conhecimento, Gestão de Projetos, Comunicação Organizacional.

Resumo

Este artigo tem por objetivo apresentar o Plano de Comunicação, que visa a apoiar a transferência de conhecimento e a criação de uma visão compartilhada entre os integrantes de um Projeto de Pesquisa e Desenvolvimento. O referencial teórico baseia-se nas áreas da Gestão de Projetos, Gestão do Conhecimento e Comunicação Organizacional. Metodologicamente caracteriza-se como uma pesquisa experimental, intraprojeto e interorganizacional. Os resultados ainda não são efetivos em razão do pouco tempo de implantação do projeto; contudo, com base nas ações já implantadas, pode-se inferir que a Comunicação é um elemento importante na transferência do conhecimento e na criação de uma visão compartilhada.

Biografia do Autor

Maria Terezinha Angeloni, Instituto de Estudos e Gestão Energética

Doutorado (1994) e mestrado (1992) em Administração na Université Pierre Mendes France nas áreas de concentração de Gestão da Informação e da Decisão. Mestrado em Administração pela Universidade Federal da Paraíba (1986). Pesquisadora com o apoio do CNPq, FUNGRAD, PIBIC, FAPESC, Celesc/ANNEL, nas áreas da Decisão, Gestão e Tecnologia da Informação (redes sociais), Comunicação nas Organizações e Gestão do Conhecimento. Consultora e pesquisadora do Instituto de Estudos e Gestão Energética –INERGE.

Rafael Zimmermann Homma, Celesc Distribuição

Divisão de Pesquisa e Desenvolvimento em Eficiencia Energética

Luiz Afonso Pereira Athayde Filho, Celesc Distribuição

Divisão de Pesquisa e Desenvolvimento em Eficiencia Energética

Referências

ANEEL. Agência Nacional de Energia Elétrica (Brazil). Manual do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico do Setor de Energia Elétrica. Agência Nacional de Energia Elétrica. Brasília: ANEEL. 2012. Retrieved from: <http://www.aneel.gov.br/aplicacoes/leitura_arquivo/default.cfm?idaplicacao=56>. Access in: 3 set. 2015.

ANGELONI, M.T.; ZIMMERMANN, R.H.; COSENTINO, A.; ATHAYDE FILHO, L.A.P. Gestão da informação e do conhecimento em projetos de pesquisa e desenvolvimento: um estudo de caso. In Simpósio Internacional de Gestão de Projetos, Inovação e Sustentabilidade, São Paulo – SP, 2015.

BOFF, L. H; VARGAS, L. Cenários atuais da comunicação eletrônica: um exemplo do uso de bases de dados e métodos de tratamento da informação. In: Encontro Anual da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Administração. 1996, Angra dos Reis. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 1995. v. 1. p. 309-325, 1996.

BRASIL. Lei 11.196/05: Lei do Bem, de 21 de novembro de 2005. Trata da concessão de incentivos fiscais às pessoas jurídicas. Retrieved from: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2005/lei/l11196.htm>. Access in: 17 nov. 2014.

CHOO, C. W. The Knowing Organization: How Organizations Use Information for Construct Meaning, Create Knowledge and Make Decisions. New York: Oxford Press, 1998.

DAZZI, M.C.S.; ANGELONI, M.T. Compreendendo o significado de gestão do conhecimento e a importância da comunicação em seu compartilhamento. In International Symposium knowledge management/Document management-ISKM/DM, 2001, Curitiba-PR. Anais do knowledge management/Document management-ISKM/. Curitiba: Editora Universitária Champagnat, 2001. v. 1. pp. 469-488.

DAZZI, M.C.S.; PEREIRA, T.M. A importância da comunicação no desenvolvimento de sistemas. In International Symposium knowledge management/Document management-ISKM/DM, 2002, Curitiba-PR. Anais… Curitiba: Editora Universitária Champagnat, 2002. v. 1. pp. 430-447.

DHALIWAL, J.; BENBASAT, I. The use and effects of knowledge-based system explanations: theoretical foundations and a framework for empirical evaluation. Information Systems Research, 7, 1996, pp. 243-361.

GEORGE, J. F.; IACONO, S.; KLING, R. Learning in context: extensively computerized work groups as communities of practice. Accounting, Management and Information Techgnologies, v. 5, 1995, pp.185-202.

GREGOR, S.; BENBASAT, I. Explanations form intelligent systems: theoretical foundations and implications for practice. MIS Quartely, v. 23, p. 497 - 530, 1999.

GROTTO, D.; ANGELONI, M.T. The influence of organizational culture on knowledge sharing: a case study. Encontro Nacional de Estudos Organizacionais, 2004, Anais... Atibaia. Encontro Nacional de Estudos Organizacionais, 2004.

JAMIL, G. L. Gestão de informação e do conhecimento em empresas brasileiras: estudo de múltiplos casos. Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação. Universidade Federal de Minas Gerais, 2005.

KROGH, G.; ICHIJO, K.; NONAKA, I. Facilitating the creation of knowledge: reinventing the company with the power of continuous innovation. Rio de Janeiro: Editora Campus, 2001.

NONAKA, I.; KONNO, N. The concept of “Ba”: building a foundation for knowledge creation. California Management Review, 1998, v. 40, n. 3, p. 40-41.

OECD/Eurostat . Oslo Manual: Guidelines for Collecting and Interpreting Innovation Data, 3rd Edition, 2005. The Measurement of Scientific and Technological Activities, OECD Publishing, Paris. Retrieved from: <http://ec.europa.eu/eurostat/documents/3859598/5889925/OSLO-EN.PDF>. Access in: 14 sept. 2015.

OECD Frascati Manual 2015: Guidelines for Collecting and Reporting Data on Research and Experimental Development, The Measurement of Scientific, Technological and Innovation Activities, OECD Publishing, Paris, 2015. Retrieved from: <http://dx.doi.org/10.1787/9789264239012-en>. Access in: 14 sept. 2015.

OUTI, N.S.; STRAUHS, F.R. Aplicação nacional do processo de criação do conhecimento japonês – caso Denso do Brasil In Angeloni, M.T. Gestão do conhecimento no Brasil – casos, experiências e práticas. Rio de Janeiro. Qualitymark, 2008.

PEREIRA, A. P.; CACIGLIERI JUNIOR, O. MOP&D: Modelo de desenvolvimento integrado de produto orientado aos projetos de P&D do setor elétrico brasileiro. Espaço Energia. 2015. Retrieved from: <http://www.espacoenergia.com.br/edicoes/23/EE023-09-12.pdf>. Access in: 29 dec. 2015.

PINHEIRO, A. A.; SIANI, A. C.; GUILHERMINO, J. de F.; HENRIQUES, M. das G. M. de O.; QUENTAL, C. M.; PIZARRO, A. P. B.Metodologia para gerenciar projetos de pesquisa e desenvolvimento com foco em produtos: uma proposta. Revista de Administração Pública, p. 457-478, mai./jun., 2006.

Plano de Gerenciamento do Projeto. Projeto desenvolvimento de metodologia e sistema para tratamento de imagem e reconhecimento de padrões para inspeção autônoma de linhas aéreas de transmissão e de distribuição. ANEEL / INERGE, 2014.

PRJ. Arquivo referente ao formulário de Projeto: desenvolvimento de metodologia e sistema para tratamento de imagem e reconhecimento de padrões para inspeção autônoma de linhas aéreas de transmissão e de distribuição. ANEEL / INERGE, 2014.

PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE. A Guide to the Project Management Body of Knowledge (PMBOK® Guide)—Fifth Edition Newtown Square, Pennsylvania, USA, PMI, 2013.

SHINODA, A. C. M. Gestão do conhecimento em projetos: um estudo sobre conhecimentos relevantes, fatores influenciadores e práticas em organizações projetizadas. Dissertação de Mestrado. Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.

SCHULTZE, U.; BOLAND R.J. Journal of Strategic Information Systems, n. 9, p. 193 - 212, 2000. Disponível em: . Acesso em: 10 mar. 2016.

STENMARK, D. The Relationship between Information and Knowledge, in Proceedings of IRIS 24, Ulvik, Norway, August 11-14, 2001.

ZHAO, J. L.; KUMAR, A.; STOHR, E. A. Workflow-centric information distribution through e-mail. Journal of Management Information Systems, v. 17, pp. 45-72, 2001.

Publicado

2016-12-30

Edição

Seção

Artigos Científicos