Nação, um discurso simbólico da modernidade

Autores

  • Márcia Fagundes Barbosa

DOI:

https://doi.org/10.19177/rcc.v6e12011203-216

Palavras-chave:

Nação, Identidade cultural, Raça, Diferença, Cultura

Resumo

Este artigo promove uma discussão teórica a respeito de três questões fundamentais: nação, identidade nacional e raça. Partindo, principalmente do estudo de Homi Bhabha em O local da Cultura, afirma-se a idéia de nação enquanto narração cultural, a qual comporta uma temporalidade dupla (passado e presente) e descontínua (moderna, colonial, nativa, masculina, etc.) revelando as identificações culturais de um grupo através de uma disputa de forças entre estes tempos diversos. A raça e a diferença cultural entram nesse contexto teórico como um meio de entender o discurso da modernidade.

Biografia do Autor

Márcia Fagundes Barbosa

Doutora em Teoria Literária – UFSC.

Downloads

Publicado

2011-06-10

Edição

Seção

Ensaios