Representação e discurso: uma análise na representação da figura feminina na arte

Autores

  • Anelise Rublescki Universidade FEEVALE
  • Daniela Cristina Menti Universidade FEEVALE

DOI:

https://doi.org/10.19177/rcc.v14e22019251-260

Palavras-chave:

Arte. Representação. Figura Feminina. Semiótica.

Resumo

Este artigo tem como objetivo refletir sobre os arquétipos femininos nas artes visuais, através da análise imagética de alguns cânones da pintura ocidental. Questões como a construção da idealização do corpo feminino, relações de gênero e de poder são discutidas ao longo do texto. Esta reflexão foi realizada a partir das teorias da representação do sociólogo Stuart Hall (1997) e do estudo das teorias do Discurso e os sujeitos da linguagem proposto pelo linguista Patrick Charaudeau, os quais se pode identificar o discurso produzido pelas imagens. Conclui-se que as imagens analisadas não são neutras de significados, e foram produzidas com determinadas intencionalidades.

Biografia do Autor

Anelise Rublescki, Universidade FEEVALE

Jornalista. Mestre (UFRJ) e  doutora (UFRGS) e Comunicação e Informação. Pós-doutora em Comunicação Midiática.. Prof. Adjunta do PPG Processos e Manifestações Culturais e da Faculdade de Comunicação Feevale.  Assessora de Imprensa da Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão/RS. Anelise_sr@hotmail.com

 

Daniela Cristina Menti, Universidade FEEVALE

Bolsista CAPES Mestrado em Processos e Manifestações Culturais na Universidade FEEVALE. Graduada Design de Moda (UCS), MBA em Gestão de Projetos (UNISINOS). Licenciada em Design de Moda com pesquisa focada na construção do feminino na arte pelo (IFRS).  Integrante do NEPGS - Núcleo de Estudos e Pesquisas em Gênero e Sexualidade do IFRS - Campus Farroupilha. danielamenti@gmail.com

Downloads

Publicado

2019-12-10

Edição

Seção

Artigos