A guerrilha semântica de Honoré Daumier

Autores

  • Marcos Fabris

DOI:

https://doi.org/10.19177/rcc.v9e1201497-104

Palavras-chave:

Caricatura, Fotografia, Crítica de arte, Honoré Daumier

Resumo

Este artigo pretende discutir as relações entre caricatura e outras áreas da produção cultural no âmbito da obra do pintor, escultor, desenhista e caricaturista francês Honoré Daumier. Almeja-se também tecer paralelos entre sua produção artística e o seu momento histórico, a Paris capital do século XIX, contestando as noções pré-estabelecidas de “caricatura política” e “caricatura social/de costumes”, consolidada pela bibliografia mais influente.

Biografia do Autor

Marcos Fabris

Doutor em Letras pela FFLCH – USP, com pós-doutorado em Columbia University (Nova York), pós-doutorado na Université Paris Oueste Nanterre (Paris) e pós-doutorado no Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo – MAC USP.

Downloads

Publicado

2014-08-12

Edição

Seção

Artigos