RESÍDUO HOSPITALAR E SEU IMPACTO: UMA REVISÃO DA LITERATURA

Autores

  • Adriano Andrade Rambo UNISUL
  • Ana Regina de Aguiar Dutra UNISUL
  • Anelise Leal Vieira Cubas UNISUL

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v9e0I2020341-371

Palavras-chave:

Resíduo hospitalar. Resíduo Biomédico. Águas residuárias hospitalares. Aspectos e impactos Ambientais.

Resumo

A multiplicidade e complexidade dos potenciais impactos ambientais dos resíduos hospitalares convergem para uma discussão a nível mundial. Nesse sentido, o presente estudo teve por objetivo identificar os impactos ambientais causados pelos resíduos hospitalares, por meio de uma revisão atual da literatura em periódicos científicos, nacionais e internacionais, em quatro bases de dados com as palavras-chave predeterminadas. Vários impactos ambientais puderam ser identificados, os quais podem comprometem a saúde, a segurança e o bem-estar da população, as atividades sociais e econômicas, a biota, as condições estéticas e sanitárias do meio ambiente e a qualidade dos recursos ambientais. Conclui-se que as águas residuárias hospitalares estão atualmente em evidência, sendo amplamente discutidos devido a presença de resíduos químicos, fármacos e de microrganismos patógenos resistentes.

 

Biografia do Autor

Adriano Andrade Rambo, UNISUL

Mestrando, Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais/Universidade do Sul de Santa Catarina; Instituto Federal Catarinense. E-mail: adrirambo@hotmail.com

Ana Regina de Aguiar Dutra, UNISUL

Doutora, Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais/Universidade do Sul de Santa Catarina. E-mail: ana.dutra@unisul.br

Anelise Leal Vieira Cubas, UNISUL

Doutora, Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais/Universidade do Sul de Santa Catarina. E-mail: anelise.cubas@unisul.br

 

 

 

 

Downloads

Publicado

2020-08-18