ANÁLISE DOS PROCESSOS OPERACIONAIS DA EMPRESA AÉREA LATAM BRASIL REFERENTE AOS IMPACTOS AMBIENTAIS EM SUAS OPERAÇÕES COM AS AERONAVES AIRBUS 320

Autores

  • Leopoldo Duarte Ferreira UNISUL
  • Cleo Marcus Garcia UNISUL
  • Jairo Afonso Henkes Unisul

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v9e2202096-119

Palavras-chave:

Meio Ambiente. Sustentabilidade. Tecnologia.

Resumo

O Transporte Aéreo é amplamente utilizado em todo o mundo. Juntamente com este modal existem vários processos relacionados a sua cadeia de produção, que são fundamentais para o desenvolvimento de qualquer país, junto com estes processos são gerados impactos ambientais que fazem parte desse desenvolvimento, que caminha junto com o crescimento da humanidade na luta pela sua sobrevivência. O Brasil é um dos países signatários de tratados, convenções, acordos nacionais e internacionais que regulam a aviação, que objetivam a diminuição e controle de seus impactos. O crescimento da aviação no mundo tem perspectiva real e concreta através da constante utilização do avião como meio fundamental para fins econômicos como transporte de cargas fundamentais e no aumento do turismo. O Brasil com suas dimensões continentais possui suas regras próprias para que as empresas brasileiras operem os voos domésticos e com isso existe a possibilidade de crescimento do segmento no modal doméstico, além de aumento de voos internacionais com empresas estrangeiras. Neste trabalho monográfico se pretende demonstrar quais são os processos operacionais que a Empresa Latam Brasil realiza para minimizar os impactos gerados em suas operações com as aeronaves Airbus 320. Para atingir o objetivo, desenvolveu-se uma pesquisa bibliográfica e exploratória, através de buscas realizadas nos sites da empresa aérea e dos órgãos reguladores do setor, associada à análise de dados de artigos, livros, projetos e documentos diversos. Além disso foi realizada uma pesquisa em aeroportos com registros fotográficos e pesquisas com despachantes da empresa no aeroporto de Guarulhos. A partir da avaliação dos dados e do entendimento atual do setor, foram elaboradas considerações relacionadas a melhorias nos atuais processos de utilização de equipamentos de suporte de energia e ar condicionado nos processos de solo, processos de coleta seletiva de materiais provenientes do serviço de bordo e certificação de processos ISO 14001 e ainda sobre as consequências de um aumento de seus impactos  das atividades da empresa em um setor com previsão de crescimento.

 

 

Biografia do Autor

Leopoldo Duarte Ferreira, UNISUL

Graduado em Turismo, Gestão de Empresas Aéreas e Aviação Civil, pela Anhembi-Morumbi, com Pós-Graduação em Gestão e Direito Aeronáutico pela Unisul.  Piloto de aeronaves, Comandante de aeronaves Airbus 320 na empresa aérea Latam Airlines no Brasil. E-mail: leopoldodferreira@gmail.com

Cleo Marcus Garcia, UNISUL

Mestre em Engenharia Aeronáutica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica - ITA (2012) e Graduado em Administração pela Faculdade Energia de Administração e Negócios - FEAN (2009). Professor na Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL) no Curso de Ciências Aeronáuticas e Pós Graduação em Gestão e Direito Aeronáutico. E-mail: cleo.garcia@unisul.br

Jairo Afonso Henkes, Unisul

Doutorando em Geografia (UMinho, 2019). Mestre em Agroecossistemas (UFSC, 2006). Especialista em Administração Rural (UNOESC, 1997).  Engenheiro Agrônomo (UDESC, 1986).  Professor dos Cursos de Ciências Aeronáuticas, Administração, Engenharia Ambiental, do CST em Gestão Ambiental e do Programa de Pós Graduação em Gestão Ambiental da Unisul.  E-mail: jairohenkes333@gmail.com

 

Downloads

Publicado

2020-07-17

Edição

Seção

Artigos