ANÁLISE DA VIABILIDADE ECONÔMICA E DE RISCO PARA IMPLANTAÇÃO DE UM ATERRO INDUSTRIAL PARA RESÍDUOS PERIGOSOS NA REGIÃO SERRANA DE SANTA CATARINA

Autores

  • Daniely Neckel Rosini UDESC
  • Bruno Dalledone Bittar UDESC
  • Flávio José Simioni UDESC
  • Valter Antonio Becegato UDESC
  • Jordana dos Anjos Xavier UDESC
  • Amanda Dalalibera Udesc
  • Débora Cristina Correia Cardoso UDESC

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v9e02020164-181

Palavras-chave:

Viabilidade econômica. Aterro industrial. Resíduos perigosos.

Resumo

Santa Catarina é um polo nacional de produção agropecuária, têxtil e metal mecânica, representando uma crescente geração de resíduos contaminados, caracterizados como de Classe I. A correta destinação desses dejetos é de suma importância não só ambiental, mas também para a saúde humana. Diante de poucas alternativas locacionais no estado para destinação deste tipo de resíduos, o presente estudo busca analisar através de ferramentas da engenharia econômica, a viabilidade da implementação de um aterro industrial para resíduos desta categoria. Neste buscou-se levantar os custos iniciais e operacionais do projeto, sendo balizados pelos componentes da NBR 10.157. As informações sobre os custos necessários ao projeto foram coletadas por meio de pesquisa bibliográfica e de mercado, com entrevistas, orçamentos e análise de custos em outros projetos de áreas semelhantes. O fluxo de caixa foi aplicado em moeda real. Os cálculos de viabilidade foram feitos utilizando-se o software Excel, onde foram organizados cinco cenários com possíveis variações. Também fora analisado os riscos pertinentes aos cenários escolhidos através do programa @risk. Considerando a Taxa Interna de Retorno, todos os cenários apresentaram viabilidade econômica, com baixo risco em relação à taxa de juros adotada.

 

 

Biografia do Autor

Daniely Neckel Rosini, UDESC

 

 

 

[1] Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais, Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV), Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Lages, SC, Brasil.

* Autor para correspondência: Avenida Luiz de Camões, 596, Conta Dinheiro, 88523-000, Lages-SC, (49) 999171195, danielybio@hotmail.com.

 

Bruno Dalledone Bittar, UDESC

Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais, Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV), Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC).

Flávio José Simioni, UDESC

DOCENTE CAV UDESC

Valter Antonio Becegato, UDESC

DOCENTE CAV UDESC, DR.

Jordana dos Anjos Xavier, UDESC

DISCNTE MESTRADO UDESC

Amanda Dalalibera, Udesc

Mestranda

Débora Cristina Correia Cardoso, UDESC

MESTRANDA

Downloads

Publicado

2020-05-29