ISO 14000: CONTRIBUIÇÕES PRÁTICAS E PROPOSIÇÃO DE AGENDA DE PESQUISA

Autores

  • Camila Kolling Universidade de Passo Fundo.
  • Nicole Cecchele Lago Universidade de Passo Fundo.

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v9e02020668-685

Palavras-chave:

ISO 14000. Certificação Ambiental. Gestão Ambiental.

Resumo

A série 14000 compreende um conjunto de normas ambientais, de âmbito internacional, que possibilita a certificação ambiental para organizações que implementam um Sistema de Gestão Ambiental (SGA). O estudo teve por objetivo identificar, a partir de uma revisão sistemática de literatura, as vantagens adquiridas a partir da normatização ISO 14000, assim como os motivadores e barreiras envolvidos no processo de implementação. Como resultados, destaca-se a melhoria da imagem da organização, a minimização de resíduos e poluentes e o cumprimento de padrões e regulamentos ambientais como vantagens, sendo também mapeados como motivadores. Todavia, o alto custo de implementação e manutenção do SGA mostrou-se como a barreira mais mencionada na literatura. Os resultados encontrados possibilitaram a proposição de uma agenda de pesquisa, voltada à orientação aos formuladores de legislação e gestores organizacionais, aproximando a realidade da prática organizacional e a pesquisa acadêmica.

 

 

Biografia do Autor

Camila Kolling, Universidade de Passo Fundo.

Programa de Pós-Graduação em Administração. Universidade de Passo Fundo. 145482@upf.br

Nicole Cecchele Lago, Universidade de Passo Fundo.

Graduação em Engenharia de Produção. Universidade de Passo Fundo. nicolec.lago@gmail.com

Downloads

Publicado

2020-02-21