SEPARAÇÃO DE LIXO E EDUCAÇÃO AMBIENTAL: OPINIÃO DA POPULAÇÃO DE UMA CIDADE NO PARANÁ

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v9e32020742-762

Palavras-chave:

Lixo doméstico, Reciclagem, Consciência ambiental.

Resumo

Calcula-se que com o crescimento das cidades e da população, as quantidades de resíduos gerados aumenta e, quando mal administrados, são responsáveis por uma grande quantidade de novos problemas para a sociedade e meio ambiente. Então, é importante saber como a população se comporta em relação à organização e separação de lixo, considerando a consciência que têm em relação à proteção do meio ambiente. O objetivo do estudo é verificar os hábitos dos moradores de uma cidade do Paraná sobre a separação e consciência ambiental em relação ao lixo reciclável. Como referencial teórico foi abordado o tema sobre lixo reciclável e educação ambiental. Como parte do procedimento metodológico foram realizadas 150 entrevistas mediante amostragem não probabilística por meio de entrevista pessoal. Como principais achados, verificou-se que 85% dos respondentes consideram importante a realização da coleta seletiva do lixo; e 84% acham que é importante a separação do lixo. Por outro lado, somente 51% diz que o poder público da cidade incentiva e ajuda na separação e descarte correto do lixo.

Biografia do Autor

Cláudio Chiusoli, Docente do curso de graduação da UNICENTRO/Pr

Docente de administração da UNICENTRO - Universidade Estadual do Centro Oeste/PR

Alessandra De França Derhon

Discente de administração da UNICENTRO - Universidade Estadual do Centro Oeste/PR

Downloads

Publicado

2020-09-30

Edição

Seção

Artigos