MAPEAMENTO DO POTENCIAL EÓLICO DE MICRO E MINIGERAÇÃO COM ALTERNATIVA SUSTENTÁVEL PARA O PEQUENO MUNICÍPIO DO SUL DO BRASIL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.19177/rgsa.v9e32020540-563

Palavras-chave:

potencial eólico, urbana, mapeamento, velocidade do vento, gestão de recursos naturais

Resumo

Este artigo objetivou mapear o potencial eólico de micro e minigeração para Campo Mourão - PR, como fonte alternativa de geração no sul do Brasil. Dados mensais de uma série histórica de 36 anos (1980 - 2015) do INMET foram analisados e vinculados com o uso do solo. Para tanto utilizou-se o aplicativo SASPlanet, com imagem Bing, para a coleta da área urbana. O software QGis 2.14 foi utilizado para a fotointerpretação, que definiu a altura dos obstáculos e sua respectiva classe do fator de rugosidade. Esses dados foram vinculados na fórmula em um algoritmo Spring 5.4.2, afim de estimar as velocidades em 10, 20, 30 e 40 metros de altura além seus respectivos potenciais de geração. A normal climatológica apresentou velocidade média total de 2,49 m.s-1 , velocidade média mínima de 2,05 m.s-1 , velocidade média máxima de 2,92 m.s-1 e direção predominante provinda de Leste. A fotointerpretação identificou 37,61% da área com obstáculos de até 2 metros de altura, 59,77% entre 2 e 10 metros e 2,63% com mais de 10 metros. As velocidades resultantes do algoritmo identificaram os maiores desvios-padrões nas maiores velocidades. Os mapas apontaram que independentemente da média, o maior potencial de geração ocorre à 40 metros.

 

Biografia do Autor

Ricardo Guicho, Doctoral student of the Postgraduate course in Energy Engineering in Agriculture (UNIOESTE)

Departament of Energy Engineering in Agriculture (UNIOESTE)

Maria Cristina Rodrigues Halmeman, UTFPR

Possui graduação em Engenharia de Produção Agroindustrial pela Faculdade Estadual de Ciências e Letras de Campo Mourão-Pr, mestrado em Engenheira Agrícola pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná e Doutorado pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho", Faculdade de Ciências Agronômicas - Botucatu-SP. Participou de projetos para aproveitamento da energia elétrica excedente como potencial de produção de hidrogênio, determinação de indicadores de eficiência e racionalidade energética na produção do etanol. Atualmente é professora da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, campus Campo Mourão e trabalha com projetos de pesquisa para avaliação do rendimento do bombeamento de água com energia solar fotovoltaica e avaliação econômico-financeira em propriedades com potencial de produção de  de biogás 

José Hilário Delconte Ferreira, Federal University of Technology – Paraná, Campo Mourão, Brazil

Department of Biodiversity and Nature Conservation (DABIC)

Radames Juliano Halmeman, Federal University of Technology – Paraná, Campo Mourão, Brazil

Department of Computer Science, (DACOM)

Natália Pianca Stier, Master's student in Environmental Engineering - Federal University of Technology Parana, Londrina, Brazil

Department of Environmental Engineering

Luciane Maria Vieira, Federal University of Technology – Paraná, Campo Mourão, Brazil

Department of Biodiversity and Nature Conservation (DABIC)

Edivando Vitor do Couto, Federal University of Technology – Paraná, Campo Mourão, Brazil

Department of Biodiversity and Nature Conservation (DABIC)

Publicado

2020-09-30

Edição

Seção

Artigos